<
>

PSG: Lojas do clube 'bombam' após chegada de Messi, e argentino vende 50% mais camisas do que Neymar

Em reportagem publicada nesta quarta-feira, o jornal L'Équipe mostrou como a chegada de Lionel Messi fez as vendas das lojas do PSG "bombarem" de forma nunca antes vista.

Apesar de só ter jogado 24 minutos com a camisa do Paris até agora, o argentino já é quem mais vende camisas com seu nome, superando outros astros do clube francês.

Messi e Neymar voltam a campo pelo PSG no Campeonato Francês neste domingo, contra o Lyon, às 15h45 (de Brasília), com transmissão ao vivo e exclusiva para clientes Star+. Para mais informações, clique aqui.

De acordo com o diário francês, as comercializações do uniforme "Messi 30" foram 50% maiores do que as conseguidas há quatro anos com "Neymar 10", no mesmo período analisado depois da contratação.

O veículo ainda aponta que o merchandising não foi o único benefício da vinda do craque argentino para o Parque dos Príncipes.

Depois do anúncio de Messi, o PSG ainda teve um crescimento expressivo em suas redes sociais, ganhando 20% a mais de seguidores em diferentes plataformas.

Ao todo, 140 milhões de novas contas passaram a seguir o Paris depois da contratação do ex-Barcelona.

Convertendo em dinheiro, isso rendeu 25 milhões de euros (R$ 155,55 milhões) para a equipe da capital francesa através de processos de monetização.

A tendência, aliás, é que todos esses números cresçam ainda mais nas próximas partidas, quando o técnico Mauricio Pochettino deve usar o esperado tridente com Messi, Neymar e Mbappé.

A 1ª chance é nesta quarta-feira, às 16h (de Brasília), contra o Club Brugge, pela Uefa Champions League.

Depois, no próximo domingo, o PSG encara o Lyon, em clássico pela Ligue 1, às 15h45 (de Brasília), com transmissão exclusiva para clientes Star+.