<
>

Chelsea: após Lukaku, Tuchel se aproxima de reforço de 308 milhões para a zaga

O Chelsea está perto de fechar um negócio no valor de 50 milhões de euros (R$ 308 milhões) pelo zagueiro Jules Kounde, do Sevilla. Por outro lado, o também defensor Kurt Zouma acertou sua transferência de Stamford Bridge para o West Ham, conforme disseram fontes à ESPN.

As negociações com o Sevilla sobre o Kounde já decorrem há algum tempo, mas o Chelsea precisava primeiro desviar um defensor-central antes de avançar com uma mudança. O West Ham concordou com uma taxa de 29,2 milhões de euros (R$ 17 milhões) para Zouma no início deste mês, mas os termos pessoais eram um problema com o jovem de 26 anos relutante em deixar os Blues.

Zouma tem mais dois anos de contrato e recusou propostas em anos anteriores para lutar por sua vaga no clube lodrino. Ele foi deixado de fora da escalação de Thomas Tuchel para os dois primeiros jogos da Premier League, mas começou entre os titulares na conquista da Supercopa da Eurocopa sobre o Villarreal.

Fontes disseram à ESPN que outro obstáculo veio quando Zouma pediu um salário de cerca de 120 mil libras por semana (R$ 863 mil) - o dobro do que ele ganha atualmente no Chelsea - para sequer considerar a mudança para o West Ham.

No entanto, as negociações progrediram positivamente e Zouma foi submetido a um exame médico na quinta-feira, enquanto todas as partes estavam perto de um acordo. O acerto ainda não foi finalizado, mas o Chelsea está otimista com a saída de Zouma, permitindo que prossigam com sua busca por Kounde antes do prazo de transferência de terça-feira.

Kounde, de 22 anos, está ansioso para atuar pelo atual campeão da Champions League, mas acredita-se que o Sevilla esteja exigindo a maior parte de todas as taxas de transferência pagas antecipadamente. A taxa exata e a estrutura de pagamentos ainda não foram formalmente acordadas, mas fontes disseram à ESPN que os dois clubes estão se aproximando de um acordo no valor de aproximadamente 50 milhões de euros (R$ 308 milhões).