<
>

Copa da Liga Inglesa: com um a menos, Everton sofre, mas vence o Huddersfield e avança

Depois de empatar em 2 a 2 com o Leeds United, pela Premier League, no final de semana, o Everton visitou o Huddersfield, time da segunda divisão inglesa, sofreu, mas conseguiu a vitória por 2 a 1, no The John Smith’s Stadium, e avançou na Copa da Liga Inglesa.

Comandados de Rafa Benítez largaram na frente com Iwobi, levaram o empate, mas conseguiram a classificação com gol de Townsend.

Com alguns titulares poupados, dentre eles o brasileiro Richarlison, que não foi nem relacionado, os Toffees foram superiores durante boa parte da primeira etapa e abriram o placar com Iwobi, após bela jogada invidividual de Tom Davies, aos 26 minutos. Logo na sequência, o próprio autor do gol chegou a fazer 2 a 0, mas a arbitragem alegou impedimento e anulou o tento, em um lance polêmico.

Foi então que o Everton caiu de rendimento, baixou o ritmo de jogo e permitiu o empate do Huddersfield, com uma cabeçada de Tom Lees, aos 46 minutos.

Na volta do intervalo, os donos da casa assustaram com um chutaço de Holmes, que quase marcou de cobertura se não fosse a grande defesa de Begovic. No lance seguinte, Pearson virou para o Huddersfield, mas a arbitragem anulou o gol por impedimento.

Com um homem a menos, após a expulsão de Kean, o Everton teve muita dificuldade de construir uma jogada que levasse perigo e viu o time adversário assumir o controle do jogo. Até que André Gomes tocou para Townsend marcar e garantir a classificação da equipe comandada por Rafa Benítez.

Melhores momentos

Situação do campeonato

Com o resultado, o Everton se classifica para a terceira fase da competição e aguarda seu próximo adversário, que será definido em sorteio. Já o Huddersfield está eliminado e volta suas atenções para a segunda divisão do futebol inglês.

O cara: Townsend

O atacante não desperdiçou e garantiu a vitória do clube de Liverpool ao ganhar da marcação e mandar a bola para o fundo das redes, após uma bela jogada de André Gomes, aos 39 minutos do segundo tempo.

Foi mal: arbitragem

Sem uso do VAR nesta fase da competição, a arbitragem cometeu erros graves na partida. O Everton teve um gol mal anulado, seria o seu segundo, ainda na etapa inicial. O juiz alegou impedimento de Iwobi e invalidou o lance.

No segundo tempo, Kean acabou expulso após uma briga com Thomas e levou cartão vermelho direto, em um lance em que o amarelo para os dois lados estaria de bom tamanho.

Próximos jogos

O Everton volta a campo no sábado (28) para enfrentar o Brighton, às 11h (horário de Brasília), no Falmer Stadium, pela terceira rodada da Premier League. No mesmo dia o Huddersfield recebe o Reading pela EFL Championship, a segunda divisão do futebol inglês.