<
>

Brasileiro: com gol no fim, Sport bate o Bahia em Salvador, deixa o Z-4 e empurra o São Paulo

O Sport bateu o Bahia por 1 a 0, neste domingo (1), em Pituaçu, pela 14ª rodada do Brasileirão. Mikael marcou no fim e garantiu a vitória do Leão, que deixa a zona de rebaixamento e empurra o São Paulo para a degola.

Os donos da casa começaram bem o primeiro tempo com um chute de fora da área de Zé Welison, que obrigou Danilo Fernandes a espalmar para fora. Quem também chegou com perigo foi Daniel ao finalizar muito perto do travessão de Mailson. Depois, o time baiano caiu um pouco de rendimento e o pernambucano, por sua vez, respondeu com o chute na trave de Paulinho Moccelin.

Na volta do intervalo, o Bahia cresceu na partida. Rossi teve uma grande oportunidade de abrir o placar, mas acabou mandando para fora. Na sequência, Conti também perdeu uma chance incrível e, de cara para o gol, errou. Por outro lado, o Leão ia chegando com Everaldo, que tentou acionar Zé Welison, mas Matheus Bahia conseguiu fazer o corte.

Dado Cavalcanti ainda colocou Maycon Douglas, Ruiz e Ronaldo para deixar o time baiano mais ofensivo. A equipe tricolor seguiu pressionando, mas nada de balançar as redes. A rubro-negra aproveitava para apostar no contra-ataque, mas também não assustava.

Até que aos 43 minutos, Mikael recebeu livre na área e cabeceou para garantir a vitória do Leão em Salvador.

Situação do campeonato

Com o resultado, o time pernambucano deixa a zona de rebaixamento, sobe duas posições e fica em 15º com 14 pontos. Já o Tricolor de Aço, perde a chance de encostar no G-6 e cai para 10º, com 17.

O cara: Mikael

O atacante entrou no lugar de André, aos 21 minutos do segundo tempo, e foi cirúrgico em não desperdiçar a única chance que teve, aos 43, para definir o jogo. Foi o 9º gol dele com a camisa rubro-negra em 43 partidas.

Foi mal: Gilberto

O time tricolor foi castigado pelas chances perdidas e o atacante foi responsável pela maioria delas. Durante a primeira etapa foram três. Nino Paraiba cruzou na medida, na cabeça de Gilberto, mas o camisa 9 arrematou para fora. Depois, tentou aproveitar a sobra de uma bola mal rebatida pela defesa do Sport, e novamente, chutou por cima do gol. Antes do intervalo ainda perdeu mais uma, desta vez, a bola desviou em Maílson. Na etapa final, também faltou pontaria para o centroavante tricolor, que chegou a driblar Sabino, mas desperdiçou mais uma oportunidade, aos 31 minutos.

Próximos jogos

O Tricolor de Aço volta a campo na quarta-feira (4), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, às 21h30, no Joia da Princesa, em Feira de Santana. Depois de perder por 2 a 0 no Mineirão, o time baiano precisa vencer por três ou mais gols de diferença para avançar. Triunfo por saldo de dois gols leva a decisão para os pênaltis.

Já o Leão recebe o Red Bull Bragantino, na sexta (6), na Ilha do Retiro, às 19h, pela 15ª rodada do Brasileiro.

Ficha técnica

Bahia 0 x 1 Sport

GOLS: Mikael (43' do 2ºT)

BAHIA: Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick de Lucca (Maycon Douglas), Jonas (Matheus Galdezani) e Daniel; Rodriguinho (Ronaldo César), Rossi (Óscar Ruíz) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti

SPORT: Maílson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Chico; José Welison, Ronaldo Henrique e Thiago Lopes (Juba); Everaldo (Tréllez), Paulinho Moccelin e André (Mikael). Técnico: Umberto Louzer