<
>

Nova goleada? Flamengo é 'bicho-papão' do Corinthians em Itaquera

Com 20 gols marcados e apenas dois sofridos nos últimos quatro jogos, o Flamengo chega embalado para a partida contra o Corinthians neste domingo (1º), às 16h (horário de Brasília), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. E se depender do último encontro entre os dois, o time rubro-negro tem motivos para acreditar em mais uma goleada.

Desde que assumiu a equipe da Gávea, Renato Gaúcho ainda não ganhou por uma diferença de menos de três gols. Logo em sua estreia, aplicou 5 a 0 sobre o Bahia. De lá pra cá, venceu o Defensa y Justicia, da Argentina, por 4 a 1, pelas oitavas de final da Conmebol Libertadores, bateu o São Paulo por 5 a 1 e derrotou o ABC por 6 a 0, pelas oitavas da Copa do Brasil, a maior goleada do clube neste século.

Já no último embate entre Flamengo e Corinthians, em outubro de 2020, a equipe carioca derrotou a paulista por 5 a 1 e, acredite, aplicou a maior goleada sofrida pelos donos da casa desde a inauguração da Neo Química Arena, em 2014 - nunca os anfitriões tinham levado cinco gols em seus domínios.

Na época, os flamenguistas brigavam na parte de cima da tabela e, com o bom resultado conquistado fora de casa, se mantiveram entre os líderes da competição. Por outro lado, os corintianos viviam situação complicada e ficaram a apenas dois pontos de entrar na zona de rebaixamento.

Nove meses depois, os dois times voltam a duelar. O Corinthians, décimo colocado, com 17 pontos, ocupa o meio da tabela e busca a vitória também para encerrar o jejum de resultados negativos contra a equipe da Gávea, já que o útimo triunfo sobre o adversário ocorreu há mais de cinco anos.

Do outro lado, o Flamengo, acumulador de goleadas, sexto lugar na competição, com 21, quer os três pontos para encostar no topo e, quem sabe, construir mais um placar elástico na 'era Renato Gaúcho'.