<
>

Chelsea ofereceu salário astronômico para astro belga e ouviu 'não', diz jornal

play
Richarlison se diz feliz por vestir a 10 do Brasil e elege momento mais marcante em Tóquio: 'Sonhava com isso' (1:24)

Richarlison, do Everton, é o artilheiro do futebol masculino olímpico (1:24)

Atual campeão da Uefa Champions League, o Chelsea segue atrás de um novo centroavante para reforçar a equipe, principalmente após o mau desempenho de Timo Werner na última temporada.

De acordo com informações do diário Gazzetta Dello Sport, apesar dos esforços do Chelsea, a situação para conseguir um centroavante de ponta no futebol mundial não é das mais fáceis, e o clube londrino recebeu um 'não' de Romelu Lukaku.

A publicação aponta que o centroavante recusou uma investida salarial avaliada em pouco mais de 10 milhões de euros, cerca de R$ 60 milhões, por ano, e decidiu permanecer na Inter de Milão para a próxima temporada.

Lukaku não era o 'plano A' do Chelsea, que ainda é um dos candidatos a conseguir Erling Haaland para 2021/22. Porém, com o alto valor pedido pelo Borussia Dortmund, cerca de 175 milhões de euros, cerca de R$ 1,1 bilhão, os Blues pensam em outro nome de elite para a posição.

O belga foi um dos destaque da Inter de Milão na conquista do Campeonato Italiano na última temporada. Pela seleção da Bélgica e no clube, Lukaku fez 58 partidas e anotou 42 gols.