<
>

Copa do Brasil: conheça o trio de joias do Bahia que é trunfo contra o Atlético-MG

Para superar o América-MG e avançar nas oitavas de final da Copa do Brasil, o Bahia conta com um trio bastante promissor: Matheus Teixeira, Matheus Bahia e Patrick de Lucca.

Peças fundamentais na conquista da Copa do Nordeste de 2021, eles ganharam espaço com o treinador Dado Cavalcanti e já despertam a cobiça até de clubes europeus.

“São jogadores muito jovens e de muita qualidade. Os três têm uma personalidade muito efetiva, são atletas que não sentiram. Eu vejo nos três uma perspectiva muito boa de evolução”, disse o técnico ao ESPN.com.br.

O goleiro Matheus Teixeira fez quase toda a categoria de base no Palmeiras, antes de chegar ao time sub-19 do Bahia. No entanto, ele só estreou em 2021 pela equipe profissional, após Douglas testar positivo para COVID-19 e Mateus Claus se lesionar.

"Ele estreou numa semifinal de Copa do Nordeste pegando dois pênaltis e garantindo a classificação. Depois, pegou um pênalti na decisão contra o Ceará", disse Dado.

Um dos heróis do tão aguardado título, o arqueiro de 22 anos não perdeu mais a posição.

"É um jogador que tem a confiança de todos. Ele tem uma capacidade de concentração acima da média. É um ser humano introvertido, é muito centrado e trabalhador".

Aos 21 anos, o lateral-esquerdo Matheus Bahia teve passagem pela base do Palmeiras e Athletico-PR antes de chegar ao Bahia.

"Ele manteve a regularidade e tem muito lastro para evoluir. Ele esta em processo de crescimento. É um lateral agressivo, que defende bem e chega com força ao ataque. Ele costuma construir mais jogadas pelo meio, mas também desce até a linha de fundo bem. Tem qualidades na transição. Não é um finalizador, mas constrói e tem passe bons, assistência e ate fez gol na Série A do Brasileiro", destaca Dado.

Segundo o GE, o Porto manifestou interesse no jogador, que tem 49 jogos e três gols marcados pelo Tricolor.

O volante Patrick de Lucca também é cria da base do Palmeiras e chegou ao sub-20 do Bahia no passado. O jovem de 21 anos ganhou espaço na reta final do Brasileirão e vem se destacando no time principal.

"Ele é um primeiro volante muito técnico que trata muito bem a bola. É muito inteligente e tem uma leitura de jogo importante, porque na parte tática é fundamental. Ele e tecnicamente acima da média e trata bem a bola. Tem intimidade com a bola. É um primeiro volante construtor", contou o treinador.

"A gente está acostumado com jogadores nessa posição serem brucutus, que só da pancada e só marca. Ele é ao contrário. Ele arma o jogo, dá o primeiro toque e faz a bola chegar mais redonda ao meio de campo. Isso o faz se destacar muito, porque fisicamente ele não é tão forte assim", explicou o treinador.

De acordo com o jornalista Bruno Andrade, do UOL, a multa rescisória do jovem é de 8 milhões de euros (R$ 49 milhões).