<
>

Palmeiras 'acorda' no segundo tempo, conta com gol contra e vence o Fluminense no Allianz Parque

O Palmeiras segue mais líder do que nunca do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado (24), no Allianz Parque, o Verdão manteve a escrita de sempre vencer o Fluminense no estádio e bateu o rival por 1 a 0, graças a um gol contra do zagueiro Manoel, aos 9 minutos do segundo tempo.

Apesar da vitória, o Palmeiras não fez um bom primeiro tempo e viu o Fluminense quase abrir o placar em linda triangulação envolvendo uma finalização Gabriel Teixeira, que deixou Weverton no chão e chutou para Zé Rafael, em cima da linha, fazer o corte providencial e evitar o gol.

O Fluminense controlava as ações de ataque, enquanto o Palmeiras afunilava demais buscando Deyverson a todo momento. Sem espaço, Veiga e Scarpa pouco puderam fazer, e o Verdão mal ameaçou o gol do rival.

No segundo tempo, com outra postura, o Palmeiras foi para cima e passou a usar as laterais, por onde saiu o gol. Marcos Rocha acionou Veiga na linha de fundo e o meia bateu para dentro. Manoel, contra, jogou para o fundo das redes e deu o 1 a 0 ao Palmeiras.

A partir daí, o Verdão melhorou e criou boas chances com Zé Rafael e Willian, que pararam em lasquinha no travessão e no goleiro do Fluminense, respecitivamente. Mas, sem matar o jogo, o Palmeiras sofreu nos minutos finais, e viu o Tricolor vir com tudo para cima.

Roger Machado lançou Ganso, Kayky e o que tinha de melhor no banco para tentar o empate. Cazares, que havia entrado antes, conduziu as ações de ataque da equipe, que chegava bem com Egídio pela esquerda, mas sem exigir grandes defesas de Weverton.

Situação no campeonato

O Palmeiras segue na liderança isolada com 31 pontos e soma 10 triunfos em 13 jogos. Por outro lado, o Fluminense ainda tenta chegar ao grupo de cima e está na 9ª colocação, com 17 pontos.

Foi bem: Raphael Veiga

O meia foi o principal cérebro do Palmeiras no Allianz Parque. Aberto pelo lado direito, o meia deslocou a marcação do Tricolor e era quem mais tentava lances individuais ou uma tentativa de abertura da defesa do Fluminense. Foi dos pés dele que saiu o gol contra da Manoel.

Foi mal: Fred

Anulado por Gustavo Gómez em boa parte do confronto, Fred pouco tocou na bola e ainda levou um amarelo por cotovelada em Danilo. O atacante praticamente não teve nenhuma chance de gol e só apareceu em lance parado pela arbitragem em finalização de Nenê, que parou em Weverton.

Próximos jogos

Na próxima rodada, o Palmeiras enfrentará o São Paulo, no estádio do Morumbi, no próximo sábado (31). O Fluminense pega o Criciúma, fora de casa, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Ficha técnica

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Renan; Danilo, Zé Rafael (Victor Luis), Gustavo Scarpa (Dudu) e Raphael Veiga (Patrick de Paula); Wesley (Breno) e Deyverson (Willian). Técnico: João Martins.

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, David Braz e Egídio; Yago Felipe (Ganso), Martinelli e Nenê (Cazares); Caio Paulista (Luiz Henrique), Gabriel Teixeira (Kayky) e Fred (Abel Hernández). Técnico: Roger Machado.