<
>

Kane no Manchester City pode colocar o centroavante no topo do ranking de maiores salários da Premier League, segundo jornal

A notícia revela pelo jornal The Sun sobre um acerto entre Manchester City e Tottenham por Harry Kane caiu como uma bomba no futebol inglês. A transferência, que renderia incríveis 160 milhões de libras (cerca de R$ 1,1 bilhão) aos cofres do clube de Londres, pode colocar o atacante no topo da lista dos maiores salários da Premier League.

Segundo a informação divulgada pelo diário britânico, o centroavante teria seus vencimentos na casa de 400 mil libras (cerca de R$ 2,8 milhões) por semana caso esta negociação seja de fato concretizada.

Isso faria com que Kane superasse todos os outros jogadores do futebol inglês quando o tema for salários semanais, como são usualmente trabalhados na Inglaterra.

O ranking dos 10 mais bem pagos na Premier League foi divulgada pelo jornal The Sun, e é dominada por jogadores do Manchester United.

Veja o ranking dos 10 maiores salários (em semanas) do Campeonato Inglês caso Kane feche com o Manchester City:

1) Harry Kane (Manchester City): 400 mil libras (R$ 2,8 milhões)*

2) Kevin De Bruyne (Manchester City): 385 mil libras (R$ 2,7 milhões)

3) Pierre-Emerick Aubameyang (Arsenal): 350 mil libras (R$ 2,5 milhões)

4) Jadon Sancho (Manchester United): 350 mil libras (R$ 2,5 milhões)

5) Kai Havertz (Chelsea): 310 mil libras (R$ 2,2 milhões)

6) Raheem Sterling (Manchester City): 300 mil libras (R$ 2,1 milhões)

7) Paul Pogba (Manchester United): 290 mil libras (R$ 2 milhões)

8) Timo Werner (Chelsea): 270 mil libras (R$ 1,9 milhão)

9) Anthony Martial (Manchester United): 250 mil libras (R$ 1,7 milhão)

10) Edinson Cavani (Manchester United): 250 mil libras (R$ 1,7 milhão)

*caso a negociação com o Manchester City seja concretizada

A imprensa inglesa vem há meses noticiando que Harry Kane é o principal alvo do Manchester City para esta janela de transferências, principalmente após a saída de Sergio Aguero ao fim da última temporada.

Mesmo com o Tottenham sofrendo para conseguir brigar na tabela de classificação e com o clube ficando de fora da zona de vagas às competições europeias, o centroavante se destacou e liderou a Premier League em gols (23) e assistências (14).

Frustrado com a falta de protagonismo dos Spurs e pensando em conquistar a Champions, o jogador teria comunicado aos dirigentes do clube de Londres seu desejo de ser negociado na principal janela de transferências da Europa.