<
>

Brasileiro: Cuiabá vence o Atlético-GO na Arena Pantanal e deixa a zona de rebaixamento

Com um jogador a mais, o Cuiabá bateu o Atlético-GO por 2 a 1, nesta quarta-feira (21), na Arena Pantanal, em jogo atrasado válido pela 3ª rodada do Brasileirão. Com três pontos somados, o Dourado deixa a zona de rebaixamento e conquista sua segunda vitória seguida na competição.

Embalado depois do primeiro triunfo na Série A, o time mato-grossense logo abriu o placar, aos 4 minutos de jogo, com Pepê. O lance chegou a ser revisado pelo VAR e foi confirmado pela arbitragem.

Após sair na frente do marcador, o Dourado continuou pressionando e foi melhor durante toda a primeira etapa, principalmente depois da expulsão de Willian Maranhão, aos 11 minutos. Com um a menos, o Dragão não conseguiu reagir e viu os donos da casa chegarem com perigo em duas bolas na trave, uma de Clayson e outra de Jenison.

Na volta do intervalo, o time goiano deixou tudo igual na Arena Pantanal, aos 2 minutos, com um golaço de André Luís. Mesmo depois de levar o empate, os donos da casa continuaram com o domínio da partida. Clayson chutou em cima Fernando Miguel e obrigou o goleiro a espalmar para fora. Na sequência, Elton, de cabeça, colocou o Dourado novamente na frente. O gol revisado e confirmado pelo VAR.

Para completar o mau momento do Dragão no jogo, o técnico Eduardo Barroca, que já tinha recebido amarelo, tomou o segundo e foi expulso por reclamação, assim como o médico da equipe.

Com a vantagem, o Cuiabá diminuiu o ritmo e manteve a posse de bola, enquanto o Atlético-GO não encontrou mais forças, com um homem a menos, para igualar o placar.

Situação do campeonato

Com o resultado, o Dourado chega a 15ª colocação, com 12 pontos, empurra o Sport para a zona de rebaixamento e complica também o São Paulo, que fica a um ponto do Z-4.

O time goiano, por sua vez, chega a sua quarta partida sem vencer e fica em 11º, com 15.

O cara: Elton

Com gol típico de centroavante, o artilheiro do time aproveitou o rebote depois da cabeçada de João Lucas que parou no travessão, e bem posicionado, testou para o fundo das redes, colocando o Dourado novamente em vantagem no placar.

Ele chegou ao seu 11º gol na temporada e tem ainda 1 assistência, em 21 jogos disputados. Pelo Brasileirão, foram cinco bolas na rede.

Foi mal: arbitragem

Com uma arbitragem confusa com nove cartões amarelos e três vermelhos aplicados, Dyorgines Jose Padovani de Andrade chegou a perder o controle do jogo na segunda etapa, além de ter demorado para revisar os lances que foram para o VAR, dentre eles os dois gols do Cuiabá. A expulsão direta de Willian Maranhão, logo no início, também gerou bastante polêmica e o cartão vermelho dado ao jogador, pode ser interpretado com um certo exagero.

Próximos jogos

O Dragão volta a campo no domingo (25) para encarar o Santos, às 18h15, na Vila Belmiro. Já o Dourado recebe o Corinthians, na segunda (26), às 20h, na Arena Pantanal.

Ficha técnica

Cuiabá 2 x 1 Atlético-GO

GOLS: Cuiabá: Pepê (4' do 1ºT) Elton (23' do 2ºT) Atlético-GO: André Luís (2' do 2ºT)

CUIABÁ: João Carlos; João Lucas, Marllon, Paulão (Anderson Conceição) e Uendel; Pepê e Uillian Correia (Rafael Gava); Felipe Marques (Osman), Clayson e Danilo Gomes (Guilherme Pato); Jenison (Elton). Técnico: Jorginho

ATLÉTICO-GO: Fernando Miguel; Dudu (Arnaldo), Wanderson, Éder e Igor Cariús (Arthur Henrique); Willian Maranhão, Marlon Freitas, Ronald e Arthur Gomes (Toró); Janderson e André Luís (Lucão).Técnico: Eduardo Barroca