<
>

Jornal diz que Manchester United considera vender Pogba para não perder astro de graça na próxima temporada; veja destino

O Manchester United se vê pressionado a vender Paul Pogba até o próximo dia 31 de agosto, quando fecha a janela de transferências do verão europeu. Segundo informações do diário britânico "Daily Mail", como o meia só tem contrato até junho de 2022, os ingleses temem perdê-lo novamente de graça em alguns meses.

Quem observa de perto a situação é o Paris Saint-Germain, que inclusive já estaria em conversas com o agente do jogador, Mino Raiola, para saber das condições em um possível negócio. O clube francês também acredita que 43 milhões de libras (R$ 307 milhões na cotação atual) já seriam suficientes para convencer os Diabos Vermelhos a venderem Pogba.

Ainda sem um acordo pela renovação do contrato do meia, o United corre o risco de ficar de mãos abanando em janeiro do próximo ano, quando o jogador ficará livre para assinar um pré-contrato com qualquer outro clube. Desta forma, o PSG é forte candidato a ser o seu destino.

Além dos ingleses, também interesse da Itália e do Real Madrid em Pogba. Neste momento, porém, dada a grave crise financeira gerada pela pandemia da COVID-19, só os franceses teriam reais condições de arcar com o salário de 290 mil libras (R$ 2 milhões) semanais que o jogador recebe em Manchester.

Esta não é a primeira vez que o United se vê em cenário parecido com o meia francês. Em 2012, a Juventus pagou apenas 800 mil libras (R$ 5,7 milhões nas cifras atuais) para tirá-lo do Old Trafford, já que Pogba também estava em fim de contrato. Depois, em 2016, os ingleses o recontrataram dos italianos por incríveis 89 milhões de libras (R$ 636 milhões).

E mesmo com a sua possível saída, o Manchester United se preparou e não precisará ir ao mercado de imediato para buscar um substituto. Isso porque o holandês Donny van de Beek foi contratado anteriormente já visando um adeus de Pogba.

Mas é possível, também, que os ingleses tragam mais um jogador para o meio-campo, independentemente da saída ou não do francês. Entre os nomes monitorados pelo clube estão Eduardo Camavinga, do Rennes, Saúl, do Atlético de Madrid, e Declan Rice, do West Ham.

Por enquanto, Pogba segue aproveitando as férias, atrasadas por conta da disputa da Eurocopa 2020 com a França, e retornará na próxima semana ao Manchester United para o início da pré-temporada.