<
>

Roma: Com salário de R$ 90 milhões por ano, 'moeda de troca' de Arthur no Barcelona leva 'não' de Mourinho, diz jornal

Em busca de reforços para dar mais opções ao recém-chegado José Mourinho, a Roma sondou a situação do meio-campista Pjanic no Barcelona. A negociação, porém, foi vetada pelo treinador português devido ao alto salário do bósnio. A informação é do jornal Marca.

Pjanic recebe mais de 15 milhões de euros, cerca de R$ 90 milhões, por temporada no Barcelona. Isso afastou não só a Roma como outros clubes que demonstraram interesse na contratação do meio-campista.

Como Pjanic está fora dos planos do técnico Ronald Koeman, o Barcelona tenta um empréstimo, pois considera difícil a sua venda definitiva. O clube espanhol não está disposto a negociar o meio-campista por menos de 45 milhões de euros, algo em torno de R$ 270 milhões.

Contratado em junho de 2020 da Juventus, em uma negociação que levou o brasileiro Arthur para o clube italiano, Pjanic custou 60 milhões de euros (R$ 366 milhões na época da contratação) ao Barcelona e não rendeu o esperado. Foram 30 partidas e nenhum gol.

Se a negociação com a Roma fosse concretizada, seria a segunda passagem do bósnio de 31 anos pelo clube italiano, onde atuou de 2011 a 2015. Revelado no Metz, Pjanic defendeu também o Lyon.