<
>

Grêmio perde para o Juventude, aumenta crise e segue na lanterna do Brasileirão

Sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Grêmio foi até o Alfredo Jaconi na noite desta quarta-feira (30) para enfrentar o Juventude pela oitava rodada do torneio. O time de Caxias do Sul, porém, não quis saber da crise do rival e, com gols de Paulinho Bóia e Matheus Peixoto, venceu por 2 a 0.

Após os primeiros minutos serem de domínio gremista, os donos da casa passaram a ter mais a bola e criar mais. Até que, aos 27 minutos, Paulinho Bóia ajeitou a bola na entrada da área e acertou o canto do goleiro Gabriel Chapecó para abrir o placar.

Pouco depois, o Juventude ainda teve uma grande chance de ampliar, mas Guilherme Castilho acabou chutando a bola para fora, raspando a trave. O final do primeiro tempo ainda foi marcado por um desentendimento entre Rafinha e William Matheus.

No segundo tempo, o Grêmio passou a ter o domínio total, em busca do empate. Mas quem marcou foi o Juventude. Após bobeira de Paulo Miranda, Matheus Peixoto saiu de frente para o goleiro e só precisou empurrar para a rede.

Situação do campeonato

Embalado por bons resultados, o Juventude chegou a 12 pontos e assumiu a sexta posição do torneio. O Grêmio, ainda sem uma vitória, segue com dois pontos na lanterna.

O craque do jogo: Paulinho Bóia

O jovem se destacou na criação do time da casa enquanto esteve em campo e ainda marcou um golaço para abrir o marcador, sendo o destaque.

Douglas Costa ainda zerado

O atacante entrou em campo pela quarta vez com a camisa do Grêmio. Nesta quarta, até tentou, mas a bola ainda não entrou.

Peixoto artilheiro

O centroavante marcou quatro vezes nos últimos quatro jogos, sendo cinco em todo campeonato, atrás apenas de Gilberto.

Próximos jogos

No final de semana, o Juventude visitará o Ceará, enquanto o Grêmio recebe o Atlético-GO.

Ficha técnica

Juventude 1 x 0 Grêmio

GOLS: Paulinho Bóia e Matheus Peixoto(Juventude)

JUVENTUDE: Carné; Michel, Vitor Mendes, Rafael Forster e William Matheus; Elton (Pacheco), Matheus Jesus (Marcos Vinicios), Guilherme Castilho, Wescley (Cleberson) e Paulinho Bóia (Chico); Matheus Peixoto (Didi). Técnico: Marquinhos Santos

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Rafinha (Vanderson), Geromel, Paulo Miranda e Diogo Barbosa; Matheus Henrique (Luiz Fernando), Darlan (Jean Pyerre) e Bobsin; Douglas Costa, Diego Souza (Ricardinho) e Ferreira. Técnico: Tiago Nunes