<
>

Série B: Cruzeiro sofre com golaço de 'lei do ex', só empata com o Guarani e segue próximo do Z-4

O Cruzeiro segue em situação dramática na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, no Mineirão, a Raposa ficou no empate por 3 a 3 contra o Guarani em duelo válido pela oitava rodada da competição.

A equipe paulista saiu na frente do placar com Bruno Sávio aos 6 minutos. O Cruzeiro virou com Thales, que marcou contra, e Léo Santos, aos 20 e aos 22 da etapa inicial.

Bruno Sávio, contando com um desviou que 'matou' Fabio em um chute de fora da área, voltou a empatar o jogo. Mas Matheus Barbosa, aos 45, recolocou a equipe celeste na frente. Porém, no segundo tempo, Régis fez valer a 'lei do ex' e empatou tudo no Mineirão de novo.

Situação do campeonato

Com o resultado, o Cruzeiro vai aos 8 pontos e sobe para a 14ª colocação da Série B. Porém, a equipe tem um jogo a mais do que Remo (7 pontos) e Vitória (6), primeiros times na zona de rebaixamento e que podem passar a Raposa ainda.

O Guarani está em 10º com 10 pontos conquistados até aqui.

O cara: Régis

Diante do time que ele defendeu em 2020, Régis fez um gol de placa no Mineirão. Após tabelar com Davó, que tocou de calcanhar, Régis driblou um marcador e tocou de cavadinha na saída de Fabio no terceiro gol do Bugre.

Foi mal: Thales

Quando o Guarani estava na frente do placar e parecia ter o controle do jogo, Thales fez um gol contra bizarro de cabeça e recolocou o Cruzeiro na partida.

O gol acabou sendo o primeiro do Cruzeiro, que viraria a partida na sequência também no jogo aéreo.

Próximos jogos

O Cruzeiro volta a jogar pela Série B no sábado, às 19h (Brasília), contra o Brasil de Pelotas fora de casa.

Já o Guarani recebe o Brusque no Brinco de Ouro da Princesa no domingo, às 11h, na Série B.

Ficha técnica

Cruzeiro 3 x 3 Guarani

Gols: Leonardo Santos, Matheus Barboza e Thales, contra (CRU); Bruno Sávio 2x e Régis (GUA)

CRUZEIRO: Fabio; Norberto, Leo Santos, Paulo e Matheus Pereira (Airton); Matheus Barboza (Giovani), Adriano, Marcinho (Romulo); Bruno José, Sóbis e Felipe Augusto (Nonoca). Técnico: Mozart

GUARANI: Gabriel Mesquita; Diogo Mateus, Thales, Ronaldo Alves e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Régis (Lucão do Break); Bruno Sávio (Pablo), Davó (Andrigo) e Julio Cesar (Allanzinho). Técnico: Daniel Paulista