<
>

Brasileirão: Atlético-MG sofre empate da Chapecoense e vê fim de sequência de vitórias

Jogando no Mineirão no encerramento da 5ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG até saiu na frente, mas sofreu o empate por 1 a 1 contra a Chapecoense nesta segunda-feira.

Tchê Tchê abriu o placar aos 25 minutos de jogo, com um belo chute de fora da área. Mas Ravanelli, de pênalti, empatou aos 35 da etapa final.

Por conta de seis atletas com COVID-19 (Nacho Fernández, Nathan, Dylan Borrero, Marrony, Igor Rabello e Micael) e outros com suas seleções (Savinho, com a seleção sub-17, Alonso, Alan Fraco, Savarino e Vargas), Cuca teve suas opções limitadas. Além disso, Dodô e Rafael estão machucados.

Melhores momentos

Situação do campeonato

Com o resultado, o Atlético-MG vai aos 10 pontos e vai para a quinta posição do Brasileirão. O Galo teve uma sequência de cinco vitórias seguidas interrompida.

Já a Chape vai aos 3 pontos na 17ª colocação na competição, ainda na zona de rebaixamento.

O cara: Tchê Tchê

Com o Galo completamente desfalcado, o volante salvou o dia com um gol de fora da área aos 25 minutos de jogo, sem chances para o goleiro da Chape.

Tanto na criação quanto na defesa, Tchê Tchê se destacou em campo. Porém, sua atuação não foi suficiente para segurar a vitória.

Chape perde gol incrível em lance bizarro

A equipe catarinense poderia ter chegado ao empate aos 30 minutos do primeiro tempo. Ravanelli recebeu cruzamento com o gol vazio, mas pegou mal na bola. Ela acabou sobrando para Anselm Ramon, que estava deitado.

Porém, Anselmo estava em posição de impedimento. Se Ravanelli não tivesse pegado mal na bola, seria um gol da Chape.

No começo da partida, a Chape também perdeu um gol feito com o atacante.

Próximos jogos

O Galo volta a campo já na quinta-feira, no Castelão, contra o Ceará, pelo Brasileirão, às 19h (Brasília).

Já a Chape no mesmo horário enfrenta o Internacional na Arena Condá.

Ficha Técnica

Atlético-MG 1 x 1 Chapecoense

Gols: Tchê Tchê (Atlético-MG); Ravanelli (Chapecoense)

CHAPECOENSE: João Paulo; Matheus Ribeiro, Felipe Santana, Ignácio e Derlan; Anderson Leite, Guedes (Bruno Silva), Ravanelli, Lima, Fernandinho; Anselmo Ramon Técnico: Jair Ventura

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga (Mariano), Gabriel, Réver e Guilherme Arana; Allan, Jair (Zaracho), Hyoran (Calebe), Keno (Sasha), Tchê Tchê (Echaporã); Hulk. Técnico: Cuca.