<
>

Internacional: Aguirre é apresentado, quer clube protagonista e diz que primeiro passo é 'recuperar identidade'

play
Aguirre fala em recuperar identidade do Internacional: 'Time de luta, garra, entrega total' (0:58)

Substituto de Miguel Ángel Ramírez foi apresentado nesta segunda-feira (0:58)

Um dias após assistir o empate diante do Ceará, no Beira-Rio, o técnico Diego Aguirre foi apresentado no Internacional. Em entrevista coletiva, o uruguaio revelou estar feliz em retornar ao Colorado e falou em 'recuperar a identidade' do clube.

"Primeira coisa que eu acho importante é recuperar nossa identidade. Temos um bom elenco, de bons jogadores. Eles foram vice-campeões brasileiros pouco tempo atrás. Agora não é a melhor fase, mas temos que atravessar esse momento. Ter foco, determinação, tentar rapidamente voltar ao nível que podemos apresentar. Estamos confiantes que nós temos qualidade, agora temos que passar dessa fase", disse o treinador, antes de relembrar o ano de 2015, em que foi campeão gaúcho e chegou à semifinal da Conmebol Libertadores.

"Se você lembrar de 2015, fizemos um grande trabalho. Ganhamos o Campeonato Gaúcho, chegamos ás semis da Libertadores, fizemos coisas espetaculares. Lançamos jogadores jovens, lembro de muitas coisas boas. Faltou talvez o título da Libertadores, mas são coisas que acontecem. Foi uma experiência espetacular".

Até o momento, no Brasileirão, o Inter apenas uma vitória em cinco jogos. Para Aguirre, o trabalho deve iniciar na recuperação na competição para, aí sim, ter tranquilidade na sequência.

play
1:46

Aguirre explica como quer o Internacional jogando: 'Time protagonista, de pressão'

Treinador uruguaio foi apresentado nesta segunda-feira no clube colorado

"Obviamente vamos tentar nos recuperar o mais rápido possível para trabalhar com tranquilidade. Vamos em busca do Campeonato Brasileiro e da Libertadores. Contamos com todos dentro do clube nesse objetivo, já trabalhei com várias pessoas aqui, então tenho essa confiança. Já estou adaptado, pronto e com muita confiança", destacou, antes de falar sobre o estilo que pretende ter em campo.

play
1:15

Em apresentação no Internacional, Aguirre desvia de pergunta sobre futuro na seleção uruguaia

Novo treinador colorado foi perguntado sobre possivelmente substituir Tabárez: 'Muita coisa pode acontecer'

"Eu gostaria de ter um time protagonista, de pressão, dinâmica, que jogue um bom futebol. Mas que também tenha identidade, que não perca coisas que vem de muitos anos. O torcedor se sente identificado quando o time luta, se entrega. Isso não pode faltar, mas vamos tentar ser um time que se acostume a ganhar. Temos que pensar nisso. Me lembro de grandes momentos que passamos juntos, os jogos na Libertadores, com a torcida na rua... Infelizmente eles não estarão aqui, mas sei que muitos estão animados em suas casas e sinto essa responsabilidade".