<
>

São Paulo definha após lesões de titulares; sem Luan, time de Crespo tem aproveitamento de rebaixado

O calvário do São Paulo no Campeonato Brasileiro continua. Derrotado pelo Santos, de Fernando Diniz, no clássico de domingo (20), o time de Hernán Crespo segue sem vencer na competição e mostra o quanto as lesões destroçaram o time que venceu o Paulistão há quase um mês.

Desde as finais contra o Palmeiras, o Tricolor acumulou problemas físicos com vários de seus jogadores. Daniel Alves (que nem voltou ainda), Benítez, Miranda, Luan e Luciano foram alguns dos desfalques enfrentados pelo clube desde o título estadual.

A ausência de Luan talvez seja a mais significativa, pelo que ela representa nos números do São Paulo na temporada: um rendimento digno de campeão com o camisa 13 em campo, seguido de um aproveitamento de equipe rebaixada quando ele não atua.

Luan participou de 18 jogos do São Paulo na atual temporada. Foram 13 vitórias, quatro empates e apenas uma derrota, para o Novorizontino, na primeira fase do Estadual. O aproveitamento de 79,6% comprova o quanto o volante, único com características de marcação no meio-campo tricolor, é importante.

Sem ele, a situação é preocupante. Em 11 jogos, o São Paulo venceu apenas duas vezes (3 a 0 o Sporting Cristal e 9 a 1 contra o 4 de Julho). Nas demais atuações, só tropeços: quatro empates e cinco derrotas, que, somados, dão um aproveitamento de 30,3%, na média dos times que acabam rebaixados no Brasileirão.

A última atuação de Luan foi na abertura do campeonato nacional, com empate sem gols contra o Fluminense, no Morumbi. Este foi o primeiro dos dois pontos conquistados pelo clube, que na sequência perdeu para Atlético-GO e Atlético-MG, empatou com a Chapecoense e foi derrotado pelo Santos.

O São Paulo e Crespo esperam que o volante fique logo à disposição. Ele se recupera de um edema na coxa esquerda e ainda não tem prazo para jogar novamente. O próximo compromisso tricolor é quarta-feira (23), no Morumbi, contra o Cuiabá.

Para essa partida, a lista de desfalques já é grande: Miranda (estiramento na coxa esquerda), Daniel Alves (entorse no joelho direito), Hernanes (contratura muscular), William (trauma no joelho direito) e agora Luciano (lesão muscular no posterior da coxa esquerda) são baixas certas, assim como Arboleda, a serviço do Equador na Copa América, e o suspenso Reinaldo.