<
>

Presidente do Corinthians responde a protesto, admite insatisfação e promete: 'Aqui, a gente escuta'

play
'Honra a camisa, de 'vagab****' o Corinthians não precisa': Torcida do Corinthians faz protesto no Parque São Jorge (0:11)

Via: @gavioesoficial | Próximo duelo do time paulista é contra o Bahia, no próximo domingo (20), às 16h (0:11)

O presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, gravou um vídeo e se dirigiu à torcida em resposta ao protesto feito por organizadas no Parque São Jorge na manhã deste sábado (19).

O mandatário julgou a manifestação como "democrática e pacífica’" e disse que também não está satisfeito com o desempenho do time dentro de campo, mas afirmou que só com "tempo, paciência e união"’ conseguirá reverter a situação.

Duílio prometeu ainda melhorar a comunicação e a transparência com a torcida e reforçou que o clube conseguiu fechar as contas com um superávit de R$ 4 milhões.

Confira o comunicado na íntegra:

"Fala, Fiel. Quero ter com você uma conversa de coração aberto e olho no olho. Hoje tivemos uma grande manifestação na porta do Parque São Jorge. Democrática e pacífica. O corintiano ama o clube e tem voz ativa. E aqui a gente escuta. A gente tem trabalhado nos ajustes pedidos pelo torcedor nos últimos tempos, fazendo tudo que possa trazer mais transparência, capacidade de investimento e mais vitórias, num projeto de três anos. Nos últimos tempos, o corintiano exigiu melhorias na gestão e na transparência. Qual foi a nossa resposta? Em cinco meses, a gente trouxe duas das maiores consultorias do mundo, a Falconi e a KPMG. Fizemos um corte de despesas em todos os departamentos. A redução da folha salarial já é realidade no futebol e também no clube social. Já publicamos três relatórios financeiros neste ano e, nos primeiros quatro meses, tivemos um superávit de R$ 4 milhões.

play
1:36

Com ameaças, torcida do Corinthians lota Parque São Jorge e protesta contra diretoria; VEJA

Próximo duelo do time paulista é contra o Bahia, no próximo domingo (20), às 16h, pelo Campeonato Brasileiro

Além disso, temos avançado nos acordos jurídicos, enquanto o marketing busca dinheiro novo em negócios digitais, que ainda vamos anunciar. Com isso, pode ter certeza: em breve, vai chegar a hora de investir no futebol. A diretoria atual sabe disso, e a gente continua pesquisando as soluções das nossas carências num mercado difícil. Assim como você, eu também não estou satisfeito. Sabemos da pressão por resultado no futebol, mas não podemos ter pressa, ou vamos desperdiçar os avanços recentes. A mudança de gestão exige tempo, paciência e união.

Para fechar: uma manifestação como a de hoje não me deixa triste. Pelo contrário. O corintiano que torce, que sofre e que ama o clube sabe: a única solução para o Corinthians é a boa gestão nos próximos três anos. É assim que vamos entregar um clube pronto e vencedor.

Essa mudança pede um contato mais frequente entre nós. Olho no olho, sempre. Por isso, você vai saber tudo o que acontece por aqui. Vai entender aonde queremos chegar e, com certeza, vai apoiar. Com vocês do nosso lado, ninguém segura.

Vai, Corinthians!"