<
>

Messi dá assistência, Arrascaeta nem sai do banco, e Argentina vence Uruguai na Copa América

No clássico sul-americano da segunda rodada da fase de grupos da Copa América, a Argentina de Lionel Messi venceu o Uruguai por 1 a 0, nesta sexta-feira, em Brasília.

O gol da Argentina foi marcado por Guido Rodriguez, aos 13 minutos de jogo, com assistência de Messi. Mesmo sendo um dos principais jogadores em atividade no Brasil e com o Uruguai sofrendo na criação de jogadas no meio-campo, o craque do Flamengo Arrascaeta não entrou em campo, ficando no banco de reservas.

Situação do campeonato

Com o resultado, a Argentina vai aos 4 pontos e lidera o grupo B da Copa América. Já o Uruguai, que fez apenas uma partida até aqui, segue zerado na competição e em quarto na chave.

O cara: Lionel Messi

Novamente, o camisa 10 comandou as ações da seleção da Argentina em campo. E foi dele a jogada do primeiro gol.

Messi fez um lindo lance na esquerda e cruzou na medida para Guido Rodriguez cabecear para o fundo das redes.

Foi mal: Óscar Tabárez

Mesmo sofrendo para criar jogadas e atrás no placar desde o primeiro tempo, o técnico uruguaio não colocou De Arrascaeta no jogo.

A seleção celeste não conseguiu "abastecer" Suárez e Cavani com seu meio-campo, algo que poderia ter sido testado ao menos se o jogador do Flamengo estivesse em campo.

Ao todo, o Uruguai deu apenas 4 chutes a gol na partida inteira, sendo apenas um na etapa final.

Próximos jogos

Os dois times entrarão em campo na próxima segunda-feira, pela terceira rodada. O Uruguai enfrenta o Chile às 18h (Brasília) na Arena Pantanal. E a Argentina pega o Paraguai novamente em Brasília.

Ficha Técnica

Argentina 1 x 0 Uruguai

GOLS: Rodriguez (Argentina);

ARGENTINA: Emiliano Martínez; Molina, Romero, Otamendi e Acuña; Rodriguez, De Paul (Pezzella) e Lo Celso (Palacios); Nico González (Di María), Messi e Lautaro (Correa). Técnico: Lionel Scaloni

URUGUAI: Muslera; Gonzalez (Torres), Godin, Gimenez e Viña; Torreira (Vecino), Valverde, Betancur (Nandez) e De La Cruz (Ocampo); Suárez e Cavani Técnico: Oscar Tabárez