<
>

Barbieri pode impedir Flamengo de conseguir marca inédita na gestão Landim e ainda preservar próprio recorde

play
A aula de Diego antes de Flamengo x Coritiba no vestiário: 'Defender bem significa preparar o ataque' (0:28)

Via YouTube: Fla TV | Clube divulgou os bastidores da vitória pela Copa do Brasil (0:28)

O Flamengo encara o Red Bull Bragantino, neste sábado (19), às 21h, pela 5ª rodada do Brasileirão. Depois de vencer o Coritiba, na última quarta-feira (16) pela terceira fase da Copa do Brasil, o time tenta manter a solidez defensiva para igualar o feito de seis jogos ileso. E terá pela frente o técnico responsável por ele: Mauricio Barbieri.

Por vencer o Coxa por 2 a 0, o time de Rogério Ceni conseguiu chegar a cinco jogos sem sofrer gols e bateu a marca de Marcelo Salles, em 2019, de quatro partidas sem ser vazado. A maior é do comandante adversário, em 2018, quando colocou a equipe na ponta da tabela do Brasileirão.

Nem mesmo Jorge Jesus, que conseguiu apenas três, chegou perto do que Barbieri conseguiu e o que os comandados de Rogério Ceni podem fazer em 2021. Do outro lado, o técnico vem motivado para manter o seu próprio recorde e a boa fase do Braga após a vitória sobre o Corinthians para tirar ponto do Flamengo.

Na temporada passada, o Bragantino foi um carrasco dos cariocas.Foram dois empates, ambos com gosto amargo para os cariocas, em especial o segundo, que provocou um furacão no clube na reta final do Brasileirão. Ainda assim, o Flamengo se recuperou e ficou com o caneco.

Para a partida, o Flamengo segue apostando na força do setor defensivo praticamente completo: Diego Alves, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís. O quarteto ganha a companhia de Matheuzinho, que substitui Isla e vive bom momento no time rubro-negro. Na frente, Vitinho, Bruno Henrique e Muniz, que vivem bons momentos, são a esperança.

Na partida contra o Coxa, Filipe Luís foi preservado pela sequência de jogos. Renê foi aproveitado, mas o titular retorna para o duelo do Brasileirão.

De resto, o Flamengo deve ir a campo com a mesma base dos últimos jogos: Diego Alves; Matheuzinho, Arão, Rodrigo e Filipe Luís; Diego, Gerson, Vitinho e Michael. Bruno Henrique e Rodrigo Muniz.

Pivô da polêmica da semana por conta da convocação para o time olímpico, Pedro segue fora de combate. Ele retornou aos treinamentos, mas o clube entende que o camisa 21 ainda não está em condição física ideal.