<
>

Diniz vê Santos mais seguro na saída de bola: “Tendência de evolução”

O técnico Fernando Diniz vê o Santos mais seguro na saída de bola. O Peixe “aumentou o risco” na derrota por 1 a 0 para o Fluminense na última quinta-feira, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

O Alvinegro teve 70% de posse de bola e, principalmente no primeiro tempo, trocou diversos passes perto do goleiro John. Em um dos lances, o time se expôs, conseguiu sair jogando e criou contra-ataque perfeito, mas Pará optou por tentar cavar o pênalti após passe de Marcos Guilherme.

De acordo com o treinador, a naturalidade com esse estilo de bola quase sempre no chão virá com a sequência de partidas.

“Conforme o tempo passa, treinos e, principalmente jogos… Porque o jogo acaba sendo o maior treino. Porque às vezes treinamos e não conseguimos ter confiança para reproduzir no jogo pelo receio de perder a bola. Temos melhorado tecnicamente nos treinos e emocionalmente nos jogos, ganhando confiança. Existe tendência de evolução nesse quesito e nos outros também”, explicou Fernando Diniz.

Com a segunda derrota em quatro jogos, o Santos ocupa a 13ª colocação, com quatro pontos. A única vitória foi sobre o Ceará, na Vila Belmiro.

O Peixe voltará a campo para enfrentar o São Paulo no domingo, na Vila, pela quinta rodada do Brasileirão.