<
>

Paulo Victor falha, Grêmio perde para o Sport em reestreia de Douglas Costa e fica na lanterna do Brasileirão

Jogando na Ilha do Retiro nesta quinta-feira, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o Grêmio perdeu por 1 a 0 para o Sport e segue em má fase neste início de competição.

O gol dos pernambucanos foi marcado por Sander, aos 34 minutos do primeiro tempo, em um lance que contou com falha do goleiro Paulo Victor. Titular da posição no tricolor, Brenno está com COVID-19 e não viajou para o confronto.

Situação do campeonato

Com este resultado, o Grêmio segue zerado após três jogos, na lanterna do Brasileirão, sendo a única equipe até agora a não ter um ponto sequer.

Já o Sport vai aos 4 pontos em quatro jogos e sobe para a 11ª colocação na tabela.

Douglas Costa faz sua reestreia

O atacante foi relacionado e entrou em campo aos 17 minutos do segundo tempo, fazendo sua reestreia pelo Grêmio 11 anos depois de ter deixado o clube.

Porém, o novo camisa 10 não conseguiu fazer muita coisa nos cerca de 30 minutos em que ficou em campo.

Foi mal: Paulo Victor

O goleiro, que já não tinha muita moral com a torcida. E não deu motivos para ser diferente nesta quinta-feira.

No começo do jogo, Paulo Victor foi sair jogando com os pés e tocou para o adversário, que acabou por sorte tricolor errando a meta.

Depois, aos 34 da etapa inicial, em cobrança de falta de Sander, a bola desviou na cabeça de Diego Souza, Paulo Victor teve tempo para reagir, mas furou a bola e cedeu o gol.

Próximos jogos

O Grêmio volta a jogar pelo Brasileirão no domingo, às 16h (Brasília), novamente fora de casa, contra o Cuiabá. Já o Sport vai até o Rio Grande do Sul enfrentar o Juventude, às 20h30, na mesma data.

Ficha técnica

Sport 1 x 0 Grêmio

GOLS: Sport: Sander

GRÊMIO: Paulo Victor; Rafinha, Geromel, Kanneman e Bruno Cortez (Diogo Barbosa); Matheus Henrique (Jean Pyerre), Thiago Santos (Bobsin), Luiz Fernando (Douglas Costa), Ferreira (Ricardinho) e Jhonata Robert; Diego Souza. Técnico: Tiago Nunes.

SPORT: Mailson; Hayner (Trellez), Maidana, Thyere, Sabino e Sander; Marquinhos (Gustavo), Marcão, Thiago Lopes (Zé Welington) e Paulinho (Patrick); André (Neílton) Técnico: Umberto Louzer