<
>

Ceará tem gol controverso anulado e perde de virada para o Bahia em 'revanche' da Copa do Nordeste

O Bahia venceu o Ceará, por 2 a 1, nesta quinta-feira, em partida válida pela 4ª rodada do Brasileirão da Série A. Com o triunfo de virada no Castelão, o Tricolor de Aço soma sete pontos e ocupa a 6ª posição do campeonato. O Vozão, 12º colocado, tem quatro pontos.

O atacante Gilberto, que balançou as redes duas vezes, é o artilheiro do campeonato com quatro gols.

O primeiro tempo começou intenso e as duas equipes atacaram. O Ceará de Guto Ferreira abriu o placar, mas o Bahia, comandado por Dado Cavalcanti, virou antes do intervalo – o Alvinegro teve, então, dificuldades para se impor no jogo.

Na etapa complementar, apesar de ter tido mais posse de bola, o Vozão não criou tantas chances claras de gol. Os mandantes até balançaram as redes, mas o árbitro anulou. Os visitantes, por outro lado, diminuíram suas linhas e se posicionaram de forma mais defensiva, buscando contra-ataques e a manutenção do resultado.

Apesar da pressão inicial do Bahia, quem abriu o placar foi o time da casa. Aos 15 minutos, o atacante Saulo Mineiro recebeu passe no meio de campo e saiu em arrancada. Ele superou o zagueiro Luiz Otávio e, de cara para Matheus Teixeira, chutou rasteiro, por baixo do goleiro.

Ainda na primeira etapa os visitantes viraram o placar. Gabriel Dias, do Ceará, agarrou Luiz Otávio dentro da área. Após consulta ao VAR, o árbitro confirmou o pênalti. Aos 30, Gilberto bateu no canto direito do goleiro e converteu a cobrança, empatando a partida.

Oito minutos depois, Gilberto apareceu dentro da área após boa jogada de Thaciano e Matheus Bahia. O lateral-esquerdo cruzou, o atacante recebeu a bola e finalizou no canto direito de Vinícius Machado. Assim, o Bahia virou o jogo e foi para o intervalo em vantagem.

Aos 19 da segunda etapa, o Ceará marcou o gol de empate, mas o árbitro anulou. Ele assinalou pênalti, no entanto, a jogada continuou e os visitantes balançaram as redes. Após consulta ao VAR, Marcelo de Lima Henrique anulou a penalidade máxima e deu cartão amarelo para o meia-atacante Jorginho, por simulação. O segundo tempo, como um todo, foi mais disputado, tenso e contou com uma quantidade maior de faltas.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Ceará visita o Internacional, no domingo, às 16h. O Bahia enfrenta o Corinthians, em Pituaçu, no mesmo dia e horário.