<
>

Flamengo: por unanimidade, STJD diz 'não' a pedido do clube de paralisação do Brasileiro

play
Branco justifica convocação de Pedro para a Olimpíada mesmo sem aval do Flamengo: 'Tem uma vontade enorme de disputar' (1:07)

Jogador foi convocado nesta quinta-feira para a disputa da Olimpíada (1:07)

Nesta quinta-feira (17) o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) negou o pedido do Flamengo de paralisação do Campeonato Brasileiro 2021. A decisão, que foi unânime, se baseou no artigo 10 do Regulamento Geral das Competições da CBF.

O mesmo prevê que "a convocação de atletas para integrar seleções nacionais não assegura aos seus Clubes o direito de alterar as datas de suas partidas em competições". Apesar disso, boa parte dos auditores considerou justo o pedido do Rubro-Negro, que teve quatro atletas convocados para a Copa América 2020.

Além do fato de ter Gabigol e Éverton Ribeiro convocados pelo Brasil, Maurício Isla pelo Chile e De Arrascaeta pelo Uruguai, o clube carioca utilizou o fato do Maracanã, estádio onde manda seus jogos, ser uma das sedes da competição como base da sua argumentação para o pedido.

Na sexta-feira da semana passada (11), o presidente do STJD, Otávio Noronha, tinha inicialmente indeferido o pedido do Flamengo, mas o mesmo foi enviado para ser julgado no Pleno por ter sido considerado revelante.

Além dos quatro atletas, nesta quinta o Flamengo também viu o atacante Pedro ser convocado pelo técnico André Jardine para a disputa das Olimpíadas de Tóquio, no Japão. Antes mesmo da convocação, a diretoria do clube havia informado que não liberaria o jogador, fato que iniciou nova polêmica entre o Rubro-Negro e a CBF.