<
>

Brasileirão: Atlético-MG bate o Internacional no Beira-Rio e conquista 3ª vitória seguida na competição

O Atlético-MG conquistou a terceira vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro. Jogando no Beira-Rio, o Galo venceu o Internacional, com gol de Nathan, manteve a boa fase e está no G-4.

O gol foi marcado logo com um minuto de jogo. Jair roubou bola de Johnny e achou Hulk. O camisa 7 mostrou toda a força na arrancada e achou lindo passe entre a zaga colorada. Nathan chegou batendo e fez o gol da vitória.

Autor do gol do triunfo, Nathan havia sido titular pela última vez pela partida de ida das semifinais do Campeonato Mineiro. O jogador entrou na vaga de Nacho Fernández que, com quadro gripal, ficou em Belo Horizonte.

A vitória fez o Atlético-MG quebrar um tabu de mais de dois anos e meio. A última vitória mineira em cima dos gaúchos havia sido em novembro de 2018.

Situação do campeonato

Com a terceira vitória consecutiva e sem tomar gols, o Atlético-MG subiu o elevador e já é o 3º colocado, com nove pontos conquistados.

Já o Inter, que venceu o Bahia na última rodada, voltou a tropeçar em casa, dessa vez sendo derrotado, e é apenas o 13º, com quatro.

O cara: Hulk

Contra Fortaleza e Sport, o camisa 7 marcou. Contra o São Paulo, teve grande parcela no gol ao fazer a jogada. Agora, contra o Inter, deu a assistência.

Cada vez mais habituado com o futebol brasileiro, novamente, Hulk foi fundamental para a vitória do Galo.

Foi mal: Thiago Galhardo

Artilheiro do Internacional no Brasileirão em 2020, o atacante não conseguiu mostrar o faro de gol contra o Galo. Desperdiçou a melhor chance do Colorado na partida para empatar.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo nos próximos dias pelo Brasileirão. No domingo (20), o Inter encara o Ceará, às 16h, no Beira-Rio. Já o Atlético-MG, na segunda (21), no Mineirão, às 20h, enfrenta a Chapecoense.

Ficha Técnica

Internacional 0 x 1 Atlético-MG

Gols: Nathan (Atlético-MG)

INTERNACIONAL: Daniel; Heitor, Zé Gabriel, Cuesta (Rodrigo Dourado) e Moisés; Johnny (Lindoso), Taison (Mauricio), Edenilson e Patrick; Thiago Galhardo (Caio Vidal) e Yuri Alberto (Vinicius Mello). Técnico: Osmar Loss.

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga, Gabriel, Réver e Guilherme Arana; Allan, Jair (Borrero), Hyoran (Keno), Allan, Tchê Tchê e Nathan (Dodô) (Marrony); Hulk. Técnico: Cuca.