<
>

Rivais nesta quarta, Palmeiras e Juventude foram 'coirmãos' nos anos 90 e pintaram o Brasil e a América de verde e branco

play
'O Palmeiras não teve como se organizar para a temporada 2021; é complicado cobrar', diz Eugênio Leal (3:30)

A equipe de Abel Ferreira perdeu a final do Paulistão, caiu na Copa do Brasil e não começou bem o Brasileirão (3:30)

Há quase 14 anos sem se enfrentarem, Juventude e Palmeiras voltam a disputar uma partida, nesta quarta-feira, no Alfredo Jaconi, em duelo válido pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar da distância imposta pelo tempo e pela presença dos dois times em divisões diferentes, os dois alviverdes estão ligados pela história.

Ao longo dos anos 1990, época gloriosa para as duas camisas, Juventude e Palmeiras contaram com o forte aporte financeiro da Parmalat, empresa italiana de produtos alimentícios, e viveram grandes momentos.

Do lado do Palmeiras, os investimentos aconteceram a partir de 1992 até 2000 e fez com que o time saísse de uma fila de 16 anos sem conquistas, com direito a uma equipe recheada de estrelas como Edmundo, Evair, Rivaldo, Zinho e outros.

play
3:35

Brasil não deve ter Neymar e Marquinhos na Olimpíada; Palmeiras não quer liberar Weverton

O Paris Saint-Germain vetou pedido da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e avisou que não vai liberar Neymar e Marquinhos para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio com a seleção brasileira.

Além disso, foi no mesmo período que o Verdão conquistou dois Campeonatos Brasileiros, dois Torneios Rio-São Paulo, uma Copa do Brasil, outros dois Campeonatos Paulistas, uma Copa Mercosul, uma Copa dos Campeões e a tão sonhada Libertadores da América, esta em 1999.

Com um investimento bem mais reduzido, mas não menos impactante, o Juventude também conquistou títulos e colocou o nome da cidade de Caxias do Sul na história do futebol brasileiro.

A partir de 1993, o time gaúcho passou a contar com o aporte financeiro da empresa e, assim como o Palmeiras, em 1999, ergueu o título mais importante da história do clube: a Copa do Brasil. O time de Caxias ainda venceu a Série B, em 1994, e o Campeonato Gaúcho, em 1998.

As duas conquistas levaram os dois times à Libertadores de 2000 e ambos caíram no mesmo grupo. Na época, o time paulista e o El Nacional, do Equador, passaram para a fase de mata-mata.

Passada a 'Era de Ouro' para ambos os times, Juventude e Palmeiras precisaram de alguns anos para voltarem a se reestruturar e, cada um dentro da sua realidade, voltar a ter equilíbrio financeiro e técnico condizente com as características de cada clube.

Apesar de contar com um elenco bem mais recheado de grandes nomes, o Palmeiras não deve ter vida fácil diante do rival gáucho, que sustenta uma invencibilidade de quatro partidas sem derrotas para o time paulista.