<
>

Veja como presença de Fernando Diniz no São Paulo ajudou o Santos a contar com importante reforço

O técnico Fernando Diniz indicou a contratação de Marcos Guilherme ao Santos. E a admiração pelo meia-atacante começou em 2017.

Diniz acompanhava treinamentos do técnico Dorival Júnior no São Paulo. Ao visitar o trabalho do amigo para trocar conhecimento sobre futebol, viu Marcos no dia a dia e gostou.

Fernando Diniz tentou, sem sucesso, levar Marcos Guilherme ao próprio São Paulo em 2020. E agora deu certo no Peixe.

“Minha relação com o professor Diniz sempre foi muito boa. Desde a época que eu jogava no São Paulo, em 2017, ele ia nos treinos acompanhar os treinos do professor Dorival Júnior lá. E desde ali a gente já conversava e ele via meu trabalho. Antes dele querer trabalhar comigo, eu sempre quis trabalhar com ele, pela forma com que os times deles jogam e também por tudo que os amigos jogadores falavam dele”, diz o camisa 23.

Marcos Guilherme foi apresentado no dia 27 de maio e já jogou cinco vezes pelo Santos – três como titular, com um gol e uma assistência.

Aos 25 anos, ele foi emprestado por um ano pelo Internacional. O contrato não tem valor de compra fixado.