<
>

Luis Enrique explica processo de renovação na Espanha: “Jogadores não são eternos”

A seleção da Espanha chega para a Eurocopa com uma equipe bastante renovada. O treinador Luis Enrique deixou de fora o zagueiro Sergio Ramos, de 35 anos, e não convocou jogadores do Real Madrid. Além disso, entre os campeões mundiais em 2010, o único remanescente é o volante Sergio Busquets, do Barcelona.

O comandante falou sobre o processo de renovação na coletiva deste domingo. Ele declarou que “os jogadores não são eternos” e afirmou que a ideia de chamar jovens atletas é permitir que eles cresçam e ganhem potencial com a camisa espanhola.

“A verdade é que os anos passam para todos, e os jogadores não são eternos. Eles terão que se aposentar, e jogadores jovens vão chegando. Em meu início como treinador, não estava fazendo uma reestruturação, só estava chamando jogadores que casavam com minha ideia de futebol. E é isso que vou fazendo”, disse.

“Quando se chama jovens atletas, não pensa em fazer renovação, só pensa em deixá-los crescer e ganhar potencial. Há muitos jogadores jovens, mas também veteranos. Acho que há uma boa mistura”, completou o treinador.

Antes de iniciar a coletiva, Luis Enrique fez um pronunciamento e desejou uma “pronta recuperação” para Christian Eriksen, além de mandar uma mensagem de apoio à família do meia e à seleção dinamarquesa. O jogador sofreu uma parada cardíaca na partida entre Dinamarca e Finlândia e está se recuperando no hospital.

Questionado sobre uma eventual falta de liderança no time, o comandante destacou que o assunto não é um problema. “Não falta liderança, pois há muitos jogadores entre os 24 convocados. Algum terá que liderar, pois alguém precisa tomar decisões dentro de campo. E eu também sou um líder, claro. Os treinadores são sempre líderes, para o bem ou mal. Temos que definir quem joga, em que sistema, como se ataca e como se defende”, afirmou.

A Espanha realiza sua estreia na Eurocopa nesta segunda-feira. A equipe enfrenta a Suécia às 16 horas (de Brasília), no Estádio Olímpico de La Cartuja, em Sevilha.