<
>

Copa América: Após surto de COVID-19, Venezuela convoca 15 novos jogadores, incluindo 3 goleiros

Após chegar a 13 casos positivos de COVID-19, a seleção da Venezuela anunciou neste sábado a convocação de 15 novos jogadores antes da estreia na Copa América, contra o Brasil, neste domingo, no Mané Garrincha, em Brasília.

Brasil x Venezuela, neste domingo, às 18h (de Brasília), terá transmissão ao vivo da ESPN Brasil e no ESPN App e acompanhamento em tempo real no ESPN.com.br

Foram chamados os seguintes atletas, segundo a Federação Venezuelana de Futebol:

Goleiros: Yhonattan Yustiz, Giancarlo Schiavone e Luis Romero

Defensores: Eduardo Fereira, Diego Osío e Francisco La Mantía

Meio-campistas: Leonardo Flores, Cristhian Rivas, Christian Larotonda, Abrahan Bahachille, Richard Figueroa e Robinson Flores

Atacantes: Jan Hurtado, Eric Ramírez e Daniel Pérez

Vale lembrar que a Conmebol alterou as regras da Copa América, permitindo que as equipes façam quantas alterações quiserem em casos de testes positivos de COVID-19 durante a competição.

O destaque da convocação é que tiveram que ser trazidos três novos goleiros, o que dá indícios de que a Vinotinto não teria arqueiros para usar contra o Brasil após o surto do coronavírus no plantel.

Mais cedo, o ESPN.com.br já havia mostrado que o atacante Jan Hurtado, do Red Bull Bragantino, teve que ser convocado às pressas pelo técnico José Peseiro para completar a equipe que entra em campo neste domingo.

Segundo apurou a ESPN Brasil também neste sábado, a Conmebol disponibilizou um avião à Federação Venezuelana de Futebol para buscar os jogadores no país vizinho para a disputa da Copa América.

A medida foi conduzida pelo presidente da entidade sul-americana, Alejandro Domínguez.

Os nomes do atleta que estão contaminados pelo coronavírus ainda não foram revelados.

*Colaborou Pedro Ivo Almeida, do Rio de Janeiro (RJ)