<
>

Real Madrid: jornal conta como Florentino 'inflexível' causou reviravolta e pode mudar destino de Sergio Ramos

play
França, Inglaterra, Portugal, Espanha... Comentaristas da ESPN dão seus palpites para o campeão da Euro (1:30)

Gustavo Hofman, Leonardo Bertozzi, Rodrigo Bueno, André Donke, Ubiratan Leal e Gustavo Zupak falaram sobre o torneio europeu (1:30)

O futuro de Sergio Ramos para a próxima temporada sofreu uma reviravolta. Nesta sexta-feira (11), segundo publicações do jornal espanhol Mundo Deportivo, ainda existe a chance do zagueiro permanecer por mais tempo no Real Madrid, apesar da postura até então "inflexível" do presidente Florentino Pérez.

Antes do fim da disputa da última edição de LaLiga, a diretoria do clube merengue fez uma oferta pela renovação do contrato do defensor, que encerra no próximo dia 30. A proposta era renovar por mais um ano, ou seja, até junho de 2022, mantendo o salário de Ramos, mas aplicando uma redução de 10%, medida que o clube vem tomando com todos os jogadores do seu plantel para aliviar a atual crise financeira.

O capitão do Real Madrid, por sua vez, acenou com uma contraproposta, pedindo mais dois anos de contrato, enquanto negociava com outros clubes, como PSG e Manchester City. As negociações com as duas equipes, porém, não avançaram e Ramos também não respondeu a oferta do Merengue, que pediu uma resposta até o fim do Campeonato Espanhol.

Sem resposta, o presidente Florentino Pérez considerou que não havia interesse por parte do atleta de 35 anos em estender o seu contrato, e por isso retirou a oferta merengue da mesa. Porém, tudo pode mudar na capital espanhola.

De acordo com o veículo, Ramos voltou atrás e decidiu que quer ficar no clube espanhol, que defende desde 2005, se mostrando disposto a aceitar a oferta de renovação. Agora, porém, a palavra final não está mais com ele.

Por conta disso, até o próximo dia 15 de junho haverá uma reunião entre Florentino e o jogador para selar a permanência ou a saída de Ramos do Santiago Bernabéu. Apesar do mandatário não contar mais com o zagueiro, ainda pode haver um acordo após este encontro.

Ramos, que teve uma péssima temporada, principalmente por conta das lesões, não foi chamado para defender a Espanha na Eurocopa e, no momento, aproveita o período de férias. Assim que voltar, conversará com Florentino para definir o seu futuro.