<
>

Borussia rejeita proposta de R$ 478 milhões do United por Sancho; saiba por quanto pode sair o negócio

play
Sancho esbanja habilidade com embaixadinha, bate de trivela e faz gol 'impossível' em treino da Inglaterra (0:13)

Jovem do Borussia Dortmund impressionou durante preparação para a Eurocopa (0:13)

O Manchester United teve uma proposta de 67 milhões de libras (R$ 478,2 milhões nas cifras atuais) pelo atacante Jadon Sancho ser recusada pelo Borussia Dortmund. As informações são da emissora de TV britânica BBC, que afirmou que os ingleses ainda não desistiram do negócio.

Depois do "não" ao United, os alemães, deixaram claro que querem, no mínimo, 77,5 milhões de libras (R$ 553 milhões), mais um bônus de 4,25 milhões de libras (R$ 30,3 milhões) para liberarem o jovem atacante de 21 anos, que no momento está concentrado com a seleção da Inglaterra para a disputa da Eurocopa 2020.

Além disso, a diretoria do Dortmund também não concordou com o método de pagamento da transferência proposto pelos ingleses, que queriam pagar o montante em cinco anos, enquanto os aurinegros em apenas quatro.

O negócio, porém, ainda pode acontecer. Isso porque, ainda segundo o veículo, o clube de Manchester pretende revisar a proposta e aumentá-la para convencer de uma vez por todas o Borussia, que, internamente, prometeu a Sancho que pode vendê-lo ainda nesta janela de transferências, muito provavelmente logo após a Euro.

Falta somente que uma proposta que agrade à todas as partes chegue à mesa da diretoria alemã, que há exatamente um ano também recusou uma primeira oferta do United pela joia inglesa.

Sancho é um dos nomes desejados pelo técnico Ole Gunnar Solskjaer, que quer reforçar o ataque do clube inglês para esta próxima temporada. Por conta disso, enquanto for possível, os Diabos Vermelhos seguirão em busca da contratação do atleta.

Nascido na Inglaterra, o atacante passou pelas categorias de base do Watford e do Manchester City antes de se transferir para o Dortmund, em 2016. Desde então, são quatro temporadas na Alemanha, com um total de 137 jogos e 50 gols marcados pelo time principal dos aurinegros.