<
>

Flamengo é condenado a indenizar Éverton após derrota na Justiça

play
'Gabriel Barbosa descumpriu a determinação de se apresentar na última quarta-feira'; veja a nota do Flamengo (1:01)

O Flamengo não gostou da ausência de Gabigol em Curitiba e nem da explicação dada pelo estafe do atacante, nesta quinta-feira (10). (1:01)

O Flamengo tem sofrido desde a última temporada com os prejuízos financeiros pela pandemia de COVID-19. Para piorar, o clube sofreu uma derrota na Justiça.

Os rubro-negros foram condenados a pagar R$ 600 mil ao meia Éverton, que atualmente está no Grêmio.

A punição veio por conta dos valores referentes a férias de 2017 e 2018 em dobro, pelo clube ter feito os pagamentos fora do prazo.

Inicialmente, Éverton pediu mais de R$ 4 milhões. No entanto, o juiz do caso rejeitou os valores.

Éverton ficou no Flamengo entre 2014 e 2017, quando o contrato foi rescindido. Na ocasião, o jogador acertou sua ida para o São Paulo.

Dentro de campo, os rubro-negros focam no duelo desta quinta-feira (10), contra o Coritiba, no Couto Pereira, pela Copa do Brasil.