<
>

Corinthians, Cruzeiro e Palmeiras vivem 'noite de terror' e são eliminados na Copa do Brasil

A noite desta quarta-feira (9) ignorou completamente o peso da camisa e viu três gigantes serem eliminados de maneira precoce na Copa do Brasil.

Cruzeiro, Palmeiras e Corinthians somam juntos 13 troféus da Copa do Brasil, mas toda essa história não evitou uma eliminação tripla para equipes menos tradicionais. E logo na terceira fase do torneio.

Maior campeão da Copa do Brasil (1993, 96, 2000, 2003, 2017 e 2018), o Cruzeiro foi castigado com um gol no fim da Juazeirense, perdeu por 1 a 0 no tempo normal e depois caiu nos pênaltis.

A derrota foi tão sentida que, minutos após o encerramento do confronto, Felipe Conceição foi demitido pela diretoria do Cruzeiro. O time mineiro agora busca um novo técnico para a sequência da Série B.

O Palmeiras também foi derrotado nos pênaltis, depois de um revés por 1 a 0 para o CRB. Atual campeão da Copa do Brasil, o time de Abel Ferreira, que soma quatro títulos do torneio (1998, 2012, 2015 e 2020), voltou a viver a "maldição" das penalidades e não teve forças para impedir a eliminação.

Depois, foi a vez do Corinthians dar adeus à disputa. O tricampeão (1995, 2002 e 2009) tinha a missão mais difícil, pois enfrentava uma equipe da Série A e que já o havia derrotado duas vezes. Dessa vez, bastou um empate sem gols para o Atlético-GO seguir adiante.

Agora, já são 11 classificados às oitavas de final: Santos, São Paulo, Vasco, Bahia, CRB, Fluminense, Athletico-PR, Juazeirense, ABC, Atlético-GO e Criciúma.

Outras quatro vagas saem nesta quinta-feira, nos duelos Ceará x Fortaleza, Brasiliense x Grêmio, Atlético-MG x Remo e Internacional x Vitória. Flamengo e Coritiba também se enfrentam, mas pelo jogo de ida, no Couto Pereira.