<
>

CEO do Spotify oferece R$ 14 bilhões para comprar o Arsenal, diz jornal

O Spotify, aplicativo de streaming de música, aumentará a proposta para comprar o Arsenal. Segundo informações do jornal inglês "Daily Mail", o CEO da empresa, o bilionário sueco Daniel Ek, definiu que vai subir a oferta para 2 bilhões de libras (R$ 14 bilhões nas cifras atuais) para adquirir os Gunners.

A primeira oferta de Ek foi feita logo após a saída do clube de Londres da Superliga europeia, no dia 20 de abril. Na época, o sueco ofereceu 1,8 bilhão de libras (R$ 12,8 bilhões), que foi prontamente recusada pela família Kroenke, atual dona do Arsenal. Segundo a mesma, os Gunners "não estariam precisando de dinheiro".

Agora, o CEO do Spotify promete ir com tudo para conseguir comprar o Arsenal e, de acordo com o veículo, não desistirá enquanto não ouvir um 'sim' dos atuais donos do time, que estão no comando total desde 2018, quando o americano Stan Kroenke comprou o clube.

Torcedor declarado do Arsenal desde os oito anos de idade, Ek ainda tem do seu lado os ídolos do Thierry Henry, Dennis Bergkamp e Patrick Vieira nesta tentativa de adquirir o clube do norte de Londres. Ainda pesa ao seu favor o fato de os torcedores dos Gunners também estarem insatisfeitos com a gestão dos Kroenke.