<
>

Mourinho revela que recusou duas seleções, diz que uma era 'proposta louca' e surpreende com 'não' dado para outra

Prestes a assumir o comando da Roma, o técnico José Mourinho lembrou que já teve a oportunidade de trabalhar em duas grandes seleções do futebol mundial. Em declarações ao jornal inglês "The Sun", o português disse que recebeu convites de Inglaterra e Portugal.

Segundo o Special One, a oportunidade de trabalhar na seleção inglesa surgiu em 2008, quando havia deixado o Chelsea pela primeira vez, enquanto o convite para comandar o time do seu país veio quando estava à frente do Real Madrid, clube que comandou entre 2010 e 2013.

"Tive um convite da seleção da Inglaterra em 2008, quando deixei o Chelsea pela primeira vez, mas achei que ainda era muito cedo para mim. E tive de Portugal, quando estava no Real Madrid. Era uma proposta louca para trabalhar em tempo parcial", disse Mourinho.

Em relação à proposta de Portugal, o treinador de 58 anos disse que até chegou a conversar com o presidente do Real, Florentino Pérez, mas que não teria tempo suficiente para dividir seu trabalho entre dois times.

"De uma forma inocente queria aceitar. Eu dizia: ‘Quando joga a seleção, não tenho jogadores no clube’, mas, depois de falar com o presidente do Real, entendi que era um grande disparate. Estar num clube do topo é um trabalho tão grande que você não tem tempo para um part-time, mesmo com o seu país", prosseguiu.

Por último, o português ainda revelou que, mais cedo ou mais tarde, ainda assumirá o comando de alguma seleção.

"É algo que vai acontecer mais tarde, porque é o tipo de trabalho que acho que vou gostar de fazer", finalizou.