<
>

Real Madrid: Bale seduz Ancelotti mesmo com atrito no passado, diz jornal

play
Marcelo domina de letra com a direita, acerta lançamento incrível dentro de casa e sai dando risada (0:16)

Via Instagram @marcelotwelve | Lateral mostrou toda sua habilidade nas redes sociais (0:16)

Focado para a disputa da Eurocopa com a seleção de País de Gales, Gareth Bale não pensa, no momento, em seu futuro no Real Madrid. Após empréstimo no Tottenham, o galês retorna à capital espanhola e reencontrará um velho conhecido: Carlo Ancelotti.

Foi com o técnico italiano que teve os melhores momentos vestindo as cores da camisa merengue. Mas, foi também com o experiente técnico que viveu uma rusga no passado.

Bale chegou ao Real em 2013 e foi com Ancelotti no banco que viveu suas duas melhores temporadas pelo clube. Em 92 partidas, foram 39 gols marcados e 31 assistências.

Depois disso, conviveu com muitas lesões - 21 desde a temporada 2017. Agora, reencontra Ancelotti e busca recuperar o bom futebol que apresentou quando o treinador estava no Real. E isso pode valer sua continuidade no Santiago Bernabéu.

Mas, o passado entre os dois não é só de bons momentos. Uma situação desagradável foi até episódio do livro escrito por Ancelotti quando treinava o Bayern de Munique.

O treinador conta que, um belo dia, o presidente do Real Madrid o chamou em seu escritório. Ao chegar, disse que o agente de Bale o contestava porque o galês gostaria de ser escalado mais centralizado.

Perguntado pelo presidente do Real sobre o que pensava em fazer, Ancelotti foi sucinto e revelou que não faria nada. Desde então, conta que a relação com Florentino nunca mais foi a mesma.

Com contrato no Real Madrid até junho de 2022, Bale revelou não estar ainda pensando no futuro.

"Não penso em nada disso (renovação) até depois da Eurocopa. Não estou pensando no meu futuro. Quando acabar, tenho certeza que terei uma conversa e daí veremos", disse.

Bale está com de País de Gales para a disputa da Euro. A seleção está no grupo A da competição junto com Itália, Suíça e Turquia. A estreia será contra os suíços, no sábado (12), às 12h, no Estádio Olímpico de Baku, no Azerbaijão.