<
>

Primeiros reforços após transfer ban têm pouco tempo para convencer o Santos

Os primeiros reforços do Santos após o fim do transfer ban têm pouco tempo para mostrar serviço no clube.

O Peixe priorizou contratos curtos para essas aquisições no sub-20 e sub-23. Na avaliação interna, porém, todos são vistos com potencial para o elenco profissional.

Natan Pereira é lateral-esquerdo, tem 18 anos e estava no Betim. Ele assinou até 31 de março de 2022, com 80% dos direitos econômicos para o Alvinegro.

O volante Victor Cristiano Braga tem 20 anos e estava no Santa Cruz (RS), onde ganhou o apelido de Seedorf, ex-jogador holandês. O vínculo vai até 31 de dezembro.

Rwan Seco tem 19 anos e está emprestado pelo Flamengo de Guarulhos até o fim do ano. Antes, ele jogou por Sport e Figueirense.

Outros jovens serão regularizados nos próximos dias: o goleiro Eduardo Araújo, de 19 anos e ex-Figueirense, o zagueiro/volante Arthur Mascaro, de 17 anos e ex-Novorizontino, e o meio-campista Kaio Henrique, de 18.