<
>

Giro da Rodada: Chape despacha o Figueirense; Bahia é eliminado e Fortaleza atropela

A Chapecoense garantiu nesta quarta-feira a última vaga para a semifinal do Campeonato Catarinense. O time de Condá recebeu o Figueirense e, após perder por 3 a 1, reverteu a situação ao vencer por 2 a 0. A Chape avança por conta do gol fora de casa.

Mesmo com a temperatura baixa, o jogo começou quente. Precisando balançar a rede duas vezes, a Chapecoense precisou de apenas quatro minutos para anotar o primeiro tento – com Laércio aproveitando o desvio de Alan Santos.

O Figueira respondeu com Khevin, logo em seguida. Porém, o árbitro viu falta na jogada e anulou o gol de empate. Na segunda etapa, aos 11 minutos, foi a vez do zagueiro Derlan anotar seu tento.

A Chape avança para a semifinal e enfrenta o Marcílio Dias. O outro confronto da competição fica entre Brusque e Avaí.

Atlético-BA e Bahia de Feira na final

Também nesta quarta-feira, Bahia de Feira e Bahia ficaram frente a frente mais uma vez pelo campeonato estadual. Mesmo com a vantagem no confronto, o time da capital viu o Tremendão mandar 3 a 0 no placar final e avançar para a finalíssima.

Sem conseguir administrar a vantagem, o Bahia levou o primeiro gol com nove minutos de bola rolando – tento anotado por Bruninho. A classificação veio apenas na reta final do jogo, aos 38, com Diones. Já nos acréscimos, Felipe Valdívia matou de vez o Bahia com o terceiro.

Pela outra semifinal, o Juazeirense venceu o Atlético-BA por 1 a 0, em Juazeiro, e levou a decisão da semifinal para os pênaltis. Na bola parada, o time de Alagoinhas foi melhor e venceu por 3 a 2.

A decisão do Campeonato Baiano será decidido entre Atlético-BA e Bahia de Feira. A primeira partida acontece no Carneirão e a finalíssima na Arena Cajueiro.

Vojvoda estreia com autoridade

Pelo Campeonato Cearense, o Fortaleza foi até Itambém para enfrentar o Crato, em partida válida pela quinta rodada do estadual. O atropelo do Tricolor por 6 a 0 marcou também a estreia de Vojvoda no comando da equipe.

Wellington Paulista precisou de trinta segundos para abrir o placar. Lucas Crispim e Éderson ampliaram ainda na primeira etapa. No início do segundo tempo, a energia caiu no Raimundão e a partida precisou ser paralisada.

Ao retornar, o Fortaleza foi relâmpago mais uma vez. Wellington Paulista e Luiz Enrique transformaram em goleada. Robson foi o responsável pelo sexto gol e Otácio anotou o gol de honra do Crato.