<
>

Champions: 'desafeto' de Guardiola, Mateu Lahoz é escolhido pela Uefa para apitar a decisão; relembre polêmicas

play
Chelsea e Manchester City farão a 3ª final inglesa de Champions da história; relembre as outras duas (2:00)

Duelo entre os dois times será no dia 29 de maio (2:00)

A Champions League já tem definida quem será o árbitro da grande decisão. A Uefa escolheu Antonio Mateu Lahoz como o nome para mediar a final entre Manchester City e Chelsea no dia 29 de maio.

No entanto, a notícia não deve ter agradado muito o técnico Pep Guardiola. Isso porque o treinador e o árbitro espanhol colecionam atritos no passado.

A mais marcante delas foi nas quartas de final do torneio europeu em 2018. Na segunda partida das quartas de final, quando o City caiu diante do Liverpool, Lahoz expulsou Guardiola.

O treinador havia reclamado de um gol anulado por impedimento de Leroy Sané. Lahoz interpretou como insulto e Guardiola teve de assistir o restante da partida das arquibancadas.

play
2:00

Chelsea e Manchester City farão a 3ª final inglesa de Champions da história; relembre as outras duas

Duelo entre os dois times será no dia 29 de maio

Na coletiva, o espanhol disparou contra o árbitro: "Eu disse que (o esforço de Sane) foi um gol. Eu não o insultei, fui educado, estava correto. Mas Mateu Lahoz é um cara especial, gosta de ser diferente, gosta de ser especial".

Na mesma entrevista, o catalão relembrou outro lance polêmico de Lahoz contra o City. Na partida contra o Monaco, pela Champions, o árbitro deu cartão amarelo para Agüero por simulação em lance com o goleiro Subasic.

Outros lances que marcam os encontros de Guardiola e Lahoz vêm da marca do pênalti. Na Champions, o espanhol marcou duas penalidades contra o Napoli, na fase de grupos, e uma contra o Monaco, na temporada anterior.