<
>

Manchester United e Cavani chegam a acordo, e centroavante amplia vínculo com o clube inglês até junho de 2022

Tida como uma 'contratação incógnita' pelo Manchester United, Edinson Cavani superou a desconfiança de boa parte de mídia e torcida e agora, não por acaso, chegou a um acordo e estendeu seu vínculo com o clube inglês até junho de 2022. A informação foi confirmada pelo ESPN.com.br com fontes ligadas à negociação.

A princípio, o uruguaio tinha contrato com os Diabos Vermelhos até à metade deste ano, mas com a opção de poder renovar por mais uma temporada, o que se deu agora.

Cavani tem sido peça-chave na atual temporada do Manchester United, que ainda sonha com a conquista da Premier League, apesar de a chance ser remotíssima, e está na final da Europa League contra o Villarreal.

Mesmo aos 34 anos, completos em 14 de fevereiro, o ex-atacante de clubes como Paris Saint-Germain e Napoli tem feito um 2020-2021 grandioso com a camisa vermelha. Ele soma 15 gols e 5 assistências em 35 partidas e, pudera, se tornou o 'queridinho' do técnico Ole Gunnar Solskjaer.

Em março deste ano, Luis Cavani, pai do jogador, deu a entender que o filho poderia retornar à América do Sul e ter o Boca Juniors como principal destino. Porém, o crescimento de Cavani com a camisa do United foi fundamental para o técnico norueguês pedir a sua permanência.

O ESPN.com.br acompanha de perto a situação envolvendo Cavani. Apesar de cotado para voltar a seu continente natal e até mesmo ter tido contatos com times brasileiros, o salário recebido foge do patamar do futebol sul-americano, o que contribuiu para a permanência do uruguaio na Europa.