<
>

City repete 'drama' de 1º título inglês de Guardiola com virada em casa e 'secada' em rival para ser campeão

O Manchester City deixou escapar neste sábado (8) a conquista antecipada da Premier League, ao perder de virada para o Chelsea por 2 a 1, no Etihad Stadium, em partida marcada por pênalti perdido por Sergio Agüero de cavadinha.

É grande a possibilidade do time azul ser campeão nos próximos dias, mas o roteiro da partida contra o Chelsea fez o torcedor dos Citizens lembrar bastante do título inglês da temporada 2017/18, o primeiro da chamada "Era Guardiola".

Na época, o City também chegou a um clássico dependendo apenas de uma vitória para confirmar a conquista em casa, mas tomou uma virada incrível e acabou campeão "so sofá", secando um concorrente direto.

Em 8 de abril de 2018, o City encarou o Manchester United e abriu logo 2 a 0, gols de Vincent Kompany e Ilkay Gundogan. Foi para o intervalo com o título na mão, mas viu um segundo tempo ruim perder tudo a perder.

Paul Pogba, com dois gols, empatou rapidamente o dérbi de Manchester, para depois Chris Smalling virar e impedir o título do City. Na ocasião, assim como neste sábado, Guardiola também reclamou de um pênalti no fim.

A equipe do treinador espanhol seria campeã uma semana depois. Após vencer o Tottenham em Londres, o City viu o United cair por 1 a 0 para o West Bromwich, em resultado que garantiu a conquista.

Agora, é o United que pode ser o fiel da balança novamente. O time de Old Trafford visita o Aston Villa neste domingo (9) e precisa vencer para manter a Premier League aberta.

O engraçado é que o United ainda enfrenta Leicester City na terça-feira (11) e Liverpool na quinta (13), antes do próximo jogo do City. Ou seja, são três chances para o time azul comemorar sem ir a campo. Assim como em 2018.