<
>

Huachipato notifica Fifa, e Santos está livre para contratar jogadores após fim de transfer ban

play
Sormani diz que Holan deixou 'terra arrasada' e alerta: 'Se o Santos for para a Série B, corre risco de deixar de ser grande' (2:11)

Comentarista criticou trabalho do ex-treinador santista (2:11)

Foi apenas nesta sexta-feira que o transfer ban do Santos caiu de maneira oficial.

O clube ainda aguardava a notificação do Huachipato à Fifa sobre o acordo costurado com o Peixe, o que aconteceu somente nesta sexta.

Em ofício, o advogado que representa o Huachipato no Brasil avisou a Fifa que o "os clubes chegaram a um acordo e, portanto, não há mais razão para a continuação do transfer ban".

Dessa forma, o Alvinegro está liberado para reforçar o seu elenco com contratações.

A proibição aplicada pela Fifa era por conta do não pagamento de Yeferson Soteldo, que chegou ao Santos em 2019.

Como o Peixe não pagou um centavo pelo jogador, o clube chileno acionou a entidade máxima do futebol, o que culminou no transfer ban.

O Santos apenas conseguiu pagar o Huachipato no último mês, quando Soteldo foi negociado com o Toronto FC, do Canadá.

O clube da Vila Belmiro repassou o valor recebido pelo venezuelano aos chilenos e, assim, chegou a um acordo pelo fim da punição no mercado.

Já acertado com Fernando Diniz, o Santos estuda possibilidades e mapeia reforços para a sequência da temporada.

Em situação financeira delicada, a tendência é que o clube contrate apenas jogadores por empréstimo.