<
>

Chegada de Fernando Diniz estreita relação do Santos com “superagente”

O Santos estreitou a relação com o empresário Giuliano Bertolucci ao se convencer a contratar o técnico Fernando Diniz para substituir Ariel Holan.

Diniz foi indicado ao Peixe logo depois da saída de argentino. A princípio, porém, o Alvinegro não se animou e buscou opções, como Renato Gaúcho, Odair Hellmann, Lisca e Guto Ferreira.

Sem sucesso, porém, o Santos repensou sobre Diniz. E contou com a sugestão de Bertolucci, um dos maiores agentes de futebol do mundo e responsável por Kaio Jorge, Sandry, Alison, Kaiky e Gabriel Pirani no elenco.

O Peixe já havia se aproximado de Giuliano e de sua empresa ao fazer um acordo por uma dívida iniciada por Modesto Roma e postergada por José Carlos Peres. O débito de R$ 12 milhões foi diluído em parcelas.

Giuliano Bertolucci respeita Andres Rueda e conduz as negociações diretamente com o presidente. O empresário também sugeriu nomes para executivo de futebol e reforços.

Fernando Diniz chega para um ano de contrato, com salário inferior ao de Ariel Holan e também em relação ao São Paulo.