<
>

Pai de Courtois, sobre risada de Hazard após eliminação do Real Madrid: 'Foi pouco profissional'

As imagens de Eden Hazard conversando e rindo com os jogadores do Chelsea após a eliminação do Real Madrid na Champions League, na última quarta-feira, repercutiram com a torcida do time espanhol. Nesta quinta, o meia belga usou suas redes sociais para pedir desculpas.

Logo depois do apito final, as câmeras de transmissão mostraram o belga gargalhando enquanto conversava com jogadores como o zagueiro Rüdiger, que foi seu companheiro nos Blues.

"Eu sinto muito. Eu li muitas opiniões sobre mim hoje e não era minha intenção ofender os torcedores do Real Madrid. Sempre foi meu sonho jogar pelo Real Madrid e eu vim aqui para vencer. A temporada ainda não acabou e devemos lutar pelo título de LaLiga. Hala Madrid", postou o belga.

"Realmente não é inteligente por parte de Eden fazer isso. Provavelmente ele não pensou muito, mas essas imagens são dolorosas para os torcedores do Madrid. Se vê um jogador rindo dois minutos depois de ser eliminado, diria que é pouco profissional", disse o pai de Courtois, Thierry, no podcast HLN Sportcast.

As cenas causaram a fúria de Tomás Roncero, redator chefe do As e conhecido por ser torcedor fervoroso dos merengues.

"Hazard é a personificação do fracasso", disparou o jornalista.

"O belga não fez nada de relevante nos 88 minutos desesperadores em que esteve em campo. Nem sequer no seu antigo estádio ele conseguiu mostrar um pingo da qualidade que tinha em Londres", seguiu.

"E o pior: depois da partida, Hazard ficou fazendo brincadeirinhas com seus amiguinhos dos tempos de Chelsea. Esse moleque não entende o que é o Real Madrid. A renovação da equipe deve começar por sua venda imediata. Bye, bye, Eden", completou.

Para Alfredo Relaño, outro importante nome do As, apostar em Hazard como faz Zidane é algo que só os religiosos podem entender.

"Ter fé em Hazard é como um religioso levar uma medalha de algum santo em seu bolso e acreditar que ela o protege. É um jogador sem fundo e sem forma", detonou.

Desde que chegou ao Real Madrid, em 2019/20, Hazard teve uma passagem tenebrosa, com problemas de sobrepeso e seguidas lesões.

Até hoje, ele só conseguiu entrar em campo 40 vezes em duas temporadas, marcando meros quatro gols.