<
>

Neymar quebra silêncio 2 dias após eliminação do PSG na Champions: 'Nosso melhor não foi o suficiente'

play
Facincani vê Neymar praticamente sem chances de ser melhor do mundo na temporada e aponta grande favorito (1:13)

Comentarista falou sobre o brasileiro após eliminação para o City e opinou qual o grande favorito a melhor do mundo (1:13)

Dois dias após a eliminação do PSG na Champions League para o Manchester City, o atacante Neymar finalmente fez algum tipo de manifestação sobre a nova decepção da equipe francesa na competição continental.

Em sua conta no Instagram, o camisa 10 postou mensagem em tom desolado, mas ressaltou que a equipe "deu seu melhor" em campo contra os Citizens.

O brasileiro reconheceu que o melhor do PSG "não foi o suficiente" para superar o virtual campeão da Premier League, mas pediu que o resultado sirva como "aprendizado para evoluir".

"Sentimento difícil de escrever, ainda muito triste com a derrota mas orgulhoso pela entrega de toda equipe, demos o nosso melhor. Infelizmente o nosso melhor não foi o suficiente mas fica o aprendizado pra evoluir", postou Ney,

"E abaixar a cabeça? Só para orar e agradecer a Deus, independentemente das circunstâncias", completou.

A fala de Neymar vem logo depois do jornal francês L'Équipe noticiar que o processo de renovação de contrato entre o atacante e o PSG "desacelerou" após a eliminação na Liga dos Campeões.

play
0:56

Pouco futebol, discussão e mais uma eliminação: a atuação de Neymar contra o Manchester City

Brasileiro não conseguiu ter um bom desempenho na derrota do PSG para os ingleses por 2 a 0 na semifinal da Champions

Em 22 de março, o canal Sky Sports revelou que o brasileiro tinha tudo encaminhado para ampliar seu vínculo com a equipe parisiense até 2026.

No entanto, com a possibilidade de Lionel Messi permanecer no Barcelona, o L'Équipe afirma que o desejo de Neymar em retornar à Catalunha voltou com força.

O contrato de Ney com o PSG vai até junho de 2022, mas, de acordo com o veículo francês, ele agora pretende "conhecer os movimentos" dos blaugranas em relação a ele para saber como conduzir a situação.

Caso não renove com o Paris, o brasileiro poderá assinar um pré-contrato com qualquer outro clube a partir de janeiro de 2022, deixando a equipe francesa de graça após seu vínculo expirar.

Ele está no PSG desde 2017, quando foi contratado por incríveis 222 milhões de euros do próprio Barcelona.