<
>

Real Madrid: do problema de Vinicius Jr. às risadas de Hazard: jornal lista 6 nomes do time 'marcados' por queda na Champions

play
Após classificação do Chelsea para final da Champions, esposa de Thiago Silva 'desfaz' cornetada em Werner: 'Você é o melhor' (0:14)

Imagens: Instagram/@bellesilva (0:14)

Nesta última quarta-feira (5) o Real Madrid disse adeus à oportunidade de conquistar seu 14º título de Champions League ainda nesta temporada e foi eliminado nas semifinais após derrota por 2 a 0 para o Chelsea, no Stamford Bridge, no jogo de volta. E após a catástrofe madrilenha, o jornal espanhol "As", um dos principais da capital do país, apontou os seis principais culpados pela eliminação e não perdoou.

A começar pelo técnico Zinedine Zidane, que foi o mais contestado pelo veículo. O francês foi bastante cobrado pelas "decisões erradas" que tomou na partida em Londres, a primeira delas o sistema tático adotado (1-3-5-2), considerado "ineficiente". As substituições feitas pelo treinador também foram criticadas, uma vez que ele optou por colocar em campo jogadores que não somaram em nada no desempenho do Real e culminaram na eliminação antes da final. O jornal ainda cravou que este pode ter sido o último jogo de Zizou sob o comando do Merengue na competição europeia.

Entre as contratações mais caras da história do clube espanhol, o camisa 7 Eden Hazard também não saiu ileso. O meia-atacante belga foi bastante criticado por estar fora de forma, ter perdido praticamente todas as disputas de bola, além de ter deixado o campo de jogo sorrindo, mesmo após a queda nas semis, já que reencontrou alguns dos seus ex-companheiros dos Blues.

Ídolo da torcida merengue, o zagueiro Sergio Ramos também teve a sua escalação como titular questionada. De volta ao time após quase dois meses, já que estava tratando de uma lesão, o experiente jogador foi criticado pela sua falta de ritmo, uma vez que no caminhar da partida ficou cada vez mais sobrecarregado com os avanços do ataque do Chelsea e não conseguiu inibí-los. O jornal também cravou que esta pode ter sido a despedida mais amarga do defensor, que está em final de contrato com o Real e muito provavelmente não deverá renovar.

Ainda na defesa, Ferland Mendy também foi incluído na lista. E tudo isso pelo fato de ter jogado na sua posição de origem, a lateral-esquerda, mas um pouco mais avançado, o que fez o francês sentir bastante no jogo, contribuindo pouquíssimo durante o confronto.

O meia Marcos Asensio, que entrou no segundo tempo, teve a sua atuação igualmente reprovada. O "As" detonou o jogador por ter feito escolhas erradas em campo, como a grande quantidade de dribles que tentou, porém sem sucesso, e também escreveu que o atleta não mostrou a melhor das suas qualidades: a verticalidade.

E o sexto e último elemento foi Vinicius Jr. Para o jornal, a sua principal dificuldade no jogo foi o fato de ter atuado em uma posição diferente - a ponta direita -, o que o fez sentir bastante. Com isso, o ex-Flamengo desistiu de ir ao combate contra Chilwell, destaque do Chelsea, e não conseguiu ser desequilibrante como de costume. O "As" ainda criticou a sua fase, sem gols ou assistências nos últimos oito jogos pelo Real Madrid.

"O problema do brasileiro é que, desde a noite brilhante contra o Liverpool, ele deixou de ser desequilibrante. São oito jogos, sete deles como titular, em que não marcou ou deu assistências", concluiu o jornal.