<
>

'Loucos pelo Barcelona': jornal revela as duas estrelas que querem fazer trio com Messi

Enquanto passa por uma rigorosa auditoria para conhecer o tamanho da dívida atual, o Barcelona tem deixado claro ao mercado que não conseguirá fazer grandes loucuras para reforçar o elenco para a próxima temporada.

Mesmo assim, pode estar próximo de dois dos jogadores mais disputados da janela europeia.

De acordo com informações divulgadas pelo jornal Mundo Deportivo, Sergio Agüero (Manchester City) e Memphis Depay (Lyon) 'estão loucos' para fechar contrato com os catalães.

Os dois se enquadram exatamente no perfil buscado pelo clube: chegam com status de titulares e livres no mercado, sem a necessidade de investimento na transferência.

Para ambos, o atrativo é o mesmo: atuar ao lado de Lionel Messi.

A ironia da situação é que contratar os atacantes pode ser justamente uma forma de o Barcelona seduzir o camisa 10 a renovar seu contrato com a promessa de um projeto esportivo forte.

Para vestir a camisa do gigante de LaLiga na próxima temporada, Agüero e Depay já teriam sinalizado a disposição de se adequarem à realidade financeira do clube, e até mesmo já 'fecharam as portas' às investidas de outras equipes.

Da dupla, quem pode estar mais perto de um acordo é o holandês.

De acordo com outras informações divulgadas pelo jornal Mundo Deportivo, Depay esteve na última semana na Catalunha em busca de uma casa para morar.

O jogador foi visto, segundo relatos do diário, na companhia de outras pessoas em visitas pelos 'bairros de alto padrão' que costumam acomodar jogadores de futebol.

A contratação do holandês de 27 anos é um desejo antigo de Ronald Koeman, que já vê no atacante uma opção ofensiva de velocidade e bom poder de finalização, mesmo que não seja um legítimo camisa 9.

Ainda de acordo com o Mundo Deportivo, o grande sonho do Barcelona para o ataque é Erling Haaland. O problema? O investimento pesado que os catalães precisariam fazer para tirar o norueguês do Borussia Dortmund, que não estaria disposto a deixar a joia de 20 anos sair por menos de 150 milhões de euros (cerda de R$ 978 milhões).