<
>

Neymar aumenta 'seca' em mata-matas e adia de novo o sonho de ganhar Champions pelo PSG

play
Pouco futebol, discussão e mais uma eliminação: a atuação de Neymar contra o Manchester City (0:56)

Brasileiro não conseguiu ter um bom desempenho na derrota do PSG para os ingleses por 2 a 0 na semifinal da Champions (0:56)

Nesta terça-feira, Neymar voltou a passar em branco em um jogo de mata-mata de Uefa Champions League e lamentou a eliminação do Paris Saint-Germain na competição, depois da derrota por 2 a 0 para o Manchester City, no Etihad Stadium.

Ao não conseguir encontrar as redes mais uma vez, o camisa 10 chegou a 692 minutos sem marcar em partidas eliminatórias da Liga dos Campeões, em um jejum que remete ainda à edição 2019/20 da competição continental.

Para se ter ideia do espaço de tempo, o último gol do craque nas fases decisivas foi antes da OMS (Organização Mundial da Saúde) declarar o início da pandemia de COVID-19.

Em 11 de março de 2020, Neymar fez o seu na vitória por 2 a 0 sobre o Borussia Dortmund, pelas oitavas-de-final da edição passada do torneio. O tento saiu aos 28 minutos do primeiro tempo.

De lá para cá, Neymar passou em branco em sete jogos, contra Atalanta, RB Leipzig e Bayern de Munique na temporada passada e mais Bayern (duas vezes) e City (duas vezes) na atual disputa.

Vale lembrar que ele não enfrentou o Barcelona, nas oitavas deste ano, por estar machucado.

São 692 minutos sem gol do brasileiro, que ainda assim ajudou o PSG de outras maneiras.

Foram quatro assistências no período, suficiente para fazer o time de Paris passar por Atalanta, Leipzig e também Bayern.

Ou seja: mesmo sem marcar, Neymar conseguiu ser decisivo em outros aspectos.

Ainda assim, o Paris seguirá sua sina de nunca ter conquistado a Champions League.

Depois do vice na temporada passada, perdendo a final para o Bayern, o time da capital francesa agora terá que se contentar com a chegada à semifinal, mas continuará sem levantar o troféu que é o grande objetivo dos donos cataris do clube.

play
0:56

Pouco futebol, discussão e mais uma eliminação: a atuação de Neymar contra o Manchester City

Brasileiro não conseguiu ter um bom desempenho na derrota do PSG para os ingleses por 2 a 0 na semifinal da Champions

Até hoje, só uma equipe da França foi campeã do maior torneio da Uefa: o Olympique de Marselha.