<
>

Libertadores: Defensa y Justicia diz que vai dizimado para enfrentar Palmeiras e 'apela' para 'amor próprio' do elenco

Nesta terça-feira (4) o Defensa y Justicia recebe o Palmeiras em Buenos Aires, pela terceira rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores 2021, com transmissão ao vivo e exclusivo do FOX Sports às 21h15, e irá a campo com muitos desfalques por COVID-19. Vide a situação, o clube argentino emitiu nota oficial, horas antes do confronto.

Para a partida, o clube da capital argentina não poderá contar com 13 jogadores, todos infectados pela doença. Recentemente, Nicolás González e Rodolfo Rotondi foram reintegrados ao elenco, mas o segundo ainda aguarda por uma autorização para poder defender a equipe na noite desta terça.

Ao todo, o Defensa relacionou 18 jogadores: Néstor Breitenbruch, Rodrigo Herrera, Nicolás Tripichio, Juan Gabriel Rodríguez, Marcelo Benítez, Matías Rodríguez, Emanuel Brítez; Nahuel Gallardo, Ciro Rius, Valentín Larralde, Raúl Loaiza e Tomás Ortíz; Gabriel Hachen, Walter Bou, Nicolás González e Kevin Lencina.

Na nota oficial, o clube ainda falou que o técnico Sebastián Beccacece irá "apelar à autoestima do grupo" para poder conquistar a sua segunda vitória na competição continental.

"Sebastián Beccacece vai apelar à autoestima deste grupo, que tira dele forças para poder enfrentar um jogo tão exigente como o que terá hoje em Tito Tomaghello", escreveu o clube, que também lamentou os muitos desfalques.

"Acho que (o confronto) foi obscurecido pelo grande número de infecções de COVID-19 no Defensa, que está reduzindo", concluiu.

Ainda para se ter uma noção da magnitude dos desfalques que terá o Defensa, dos 17 jogadores que disputaram a decisão da Recopa Sul-Americana, contra o próprio Palmeiras, apenas oito estão aptos a jogar nesta terça.

Segundo colocado do grupo A, o clube argentino pode assumir a liderança do grupo se vencer o Palmeiras. Por outro lado, se o Alviverde vencer, vai a nove pontos, se mantém 100% na fase de grupos e ainda dispara na liderança.