<
>

Cicinho diz que era para São Paulo ter feito 6 a 0 no Corinthians e tenta explicar tabu na Arena: 'É clássico'

play
Cabelo platinado, na régua e agora harmonização facial: a linha do tempo da transformação de Lucas Lima (1:07)

Jogador do Palmeiras divulgou imagens da harmonização facial que passou nas últimas semanas (1:07)

Ídolo do São Paulo, o ex-lateral-direito Cicinho comentou nesta segunda-feira (3) o empate entre Corinthians e São Paulo no domingo (2), que manteve o tabu tricolor de nunca ter vencido na arena do rival. Agora são 14 jogos, com dez vitórias alvinegras e quatro empates.

Para Cicinho, é difícil explicar exatamente o que acontece com o São Paulo quando joga na casa do Corinthians. Por que, em circunstâncias normais, o Tricolor tinha condições de fazer um placar histórico contra o rival.

"Eu dava 5 ou 6 a 0 para o São Paulo, tinha que ter ganho jogo. Time do São Paulo é infinitamente melhor que do Corinthians", afirmou o ex-jogador, em comentário no programa Arena SBT.

"É clássico, acarreta nervosismo, de tudo um pouco. E outra: São Paulo está jogando contra o Corinthians. Não importa se está mal o bem. É um clássico", completou Cicinho.

Também comentarista do programa, o ex-atacante Emerson Sheik, revelado pelo São Paulo e ídolo do Corinthians, preferiu não fazer comentários provocativos e apenas disse que o time do Morumbi precisa voltar a ser campeão.

"O São Paulo também já vem amargando anos sem título. A gente pega no pé exatamente por isso. Torcedor não quer ganhar jogos, quer títulos. Não adianta jogar bonito e quebrar tabu. Tem que ganhar. São Paulo precisa ganhar títulos acima de tudo".